Por dia, 18 vítimas de acidentes de trânsito ficam inválidas e Eduardo defende ações permanentes de educação

Os acidentes de trânsito no período de janeiro a outubro de 2019 ocasionaram a invalidez permanente de 5.645 pessoas na Paraíba, de acordo com a Seguradora Líder, que administra o DPVAT. Ou seja, foram mais de 18 pessoas por dia e 564 por mês que ficaram recebendo o seguro por invalidez. Nesta sexta-feira (24), Dia Estadual de Alerta e Combate aos Acidentes de Trânsito, o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) defendeu ações educativas como forma de prevenir acidentes e reduzir o número de vítimas de trânsito.

Somente entre janeiro e outubro de 2019, o DPVAT pagou 7.224 seguros sendo 78%, um total de 5.645, em decorrência de invalidez permanente. As mortes no trânsito geraram o pagamento de 9.497 indenizações de Seguro Dpvat em dez anos na Paraíba. Apenas em 2018 foram 930 indenizações por morte.

“Observamos um grande e crescente número de acidentes de motos, o que ocasiona consequentemente uma série de mortes. Além do dano emocional irreparável para as famílias que perdem um parente desta forma, existe o problema do aumento de internações em hospitais, sendo um impacto financeiro significativo”, explicou o deputado, destacando que ainda tem o problema das pessoas que não conseguem mais trabalhar.

O ano de 2020 é o período final da resolução Década de Ações para a Segurança no Trânsito, documento criado com base no estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS), que estimava que se não houvesse uma mudança no setor aproximadamente 1,9 milhão de pessoas poderiam morrer no trânsito até o final deste ano.

O parlamentar ressalta que uma das ferramentas para o combate aos acidentes de trânsito é a educação. “É importante estarmos reunidos debatendo problemas e buscando soluções para a redução de acidentes, temos que colocar no centro da discussão a preservação da vida. Por meio da educação podemos criar campanhas, projetos nas escolas, proposituras que mudem essa situação para que possamos criar uma nova história a respeito do trânsito no estado da Paraíba”.

Ações do deputado – Prevenção aos acidentes de trânsito está constantemente presente na pauta de ações de Eduardo Carneiro. Na Assembleia Legislativa ele realizou discussões sobre o tema e foi autor de sessão especial em alusão ao Maio Amarelo, mês voltado para a conscientização da direção responsável no trânsito.

O deputado propôs a criação da Frente Parlamentar de Trânsito e Mobilidade Urbana; a comenda Fátima Lopes, com o objetivo de homenagear pessoas comprometidas com a causa; além disso, ele também sugeriu a criação de um banco unificado sobre acidentes de trânsito e ações educativas permanentes dentro de escolas.

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cícero Lucena revela que cogitou disputar Prefeitura de João Pessoa

Longe da política, o ex-senador da Paraíba, Cícero Lucena (PP), revelou em entrevista que cogitou a possibilidade de retornar à vida pública, após deixar o PSDB e filiar-se ao Partido…

Opinião: Cabedelo apresenta cenário de miséria com renda per capita de meio salário mínimo

O município de Cabedelo tem aproximadamente 68 mil habitantes, dos quais 39.2% da população recebe, apenas, um rendimento médio de meio salário mínimo por pessoa a cada domicílio, segundo dados…