A presidente eleita do Brasil, Dilma Rousseff, embarca na noite desta segunda-feira (8) para Seul, capital da Coreia do Sul, onde participa, ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da reunião do G20, o grupo dos 20 países com a maior economia do mundo. Esta é a primeira viagem internacional de Dilma após a confirmação de sua vitória no segundo turno.

Dilma viaja em um avião comercial acompanhada de assessores e do ministro da Fazenda, Guido Mantega. A previsão é de que ela chegue ao país asiático por volta do meio-dia de quarta (10).

Depois de ser convocada por Lula para comparecer ao evento e ser apresentada aos chefes de Estado das 20 nações participantes, Dilma recebeu um convite formal do governo sul-coreano para participar da cúpula. Com isso, ela terá acesso irrestrito a todos os eventos relacionados ao G20.

A agenda da presidente será casada com a de Lula, que chega a Seul um dia depois dela, às 11h de quinta-feira (11). Neste dia, Lula e Dilma ficam no hotel e participam à noite de um jantar oferecido pelo presidente sul-coreano, Lee Myung Bak, em que será discutido o tema “economia global e elaboração de um marco para um crescimento forte”, segundo a agenda do presidente.

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Filho de Bolsonaro ironiza Julian Lemos e posta foto embaraçosa com o rosto do parlamentar

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) usou seu perfil numa rede social para ironizar o seu colega de partido e também deputado federal Julian Lemos, do PSL da Paraíba. Eduardo…

MPF pede quebra de sigilo bancário de ex-prefeito no âmbito da Operação Andaime

No âmbito da Operação Andaime, deflagrada em 2015, o Ministério Público Federal (MPF) solicitou a quebra do sigilo bancário e fiscal do ex-prefeito de Santa Cruz (PB), Raimundo Antunes. De…