Por pbagora.com.br

A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse nesta terça-feira (22) que a receita obtida com a exploração de petróleo na camada pré-sal vai permitir que as pessoas antecipem sua saída da pobreza no Brasil. A ministra participa do seminário “Pré-Sal e o Futuro do Brasil”, em Brasília.

Segundo ela, os números da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio (Pnad) mostram que já há um movimento no Brasil de “redução das desigualdades” e “aumento da classe média”. “Não podemos nos deslumbrar com essa riqueza. O pré-sal pode permitir que antecipemos essa saída da pobreza”, salientou.

A ministra voltou a afirmar que o Brasil não pode se tornar um mero exportador de óleo bruto e precisa desenvolver a industria naval e de exploração de petróleo.

“Esse bilhete premiado que é o pré-sal para se transformar em fonte de riqueza tem que evitar algumas coisas, como a maldição do petróleo, ou a doença holandesa, que reside no fato de exportar petróleo bruto e não desenvolver a cadeia de petróleo”, discursou.

Dilma salientou ainda que ainda não há como mensurar o tamanho das reservas brasileiras nos campos do pré-sal. “Ainda não temos ideia de quanto seguramente há de petróleo em termos de bilhões de barris equivalentes de petróleo no pré-sal. Uns, mais pessimistas, falam em 30 bilhões, outros em 50 bilhões e outros até em 100 bilhões de barris. Temos certeza de que há um volume imenso de petróleo que pode levar o Brasil a se transformar em uma grande potência petrolífera do mundo”, afirmou.

Segundo a ministra, o Brasil leva vantagem em relação a países que descobriram grandes reservas de petróleo e não tinham tecnologia de exploração. “Nos desenvolvemos tecnologia de busca de petróleo em águas profundas, não importamos essa tecnologia. Nós estávamos maduros para explorar. É diferente de outros países que descobriram o petróleo em águas ultraprofundas e tiveram que importar tecnologia para explorar”, comentou.

 

 

G1

Notícias relacionadas

João entrega ginásio do Instituto dos Cegos e reforça compromisso com a inclusão social

O governador João Azevêdo esteve, nesta segunda-feira (17), no Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha (ICPAC), em João Pessoa, ocasião em que entregou o ginásio paradesportivo José Belarmino de…

Efraim já contabiliza apoio de 83 prefeitos paraibanos na corrida para o Senado

O deputado federal Efraim Filho (DEM) recebeu o apoio de mais três prefeitos engajados no seu projeto de eleição para o Senado Federal nas eleições de 2022, contabilizando agora a…