Diferente do pai o ex-senador paraibano, Cássio Cunha Lima (PSDB) que demostrou reagir com naturalidade a decisão do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues de trocar o PSDB pelo PSD, o deputado federal e pré-candidato a prefeito da Rainha da Borborema Pedro Cunha Lima disseque é cedo para tecer uma avaliação sobre o tema e que a hora não é de fazer política, mas sim de trabalhar pelo povo.

 

Questionado pelo portal sobre como observou a saída do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues dos quadros do PSDB e seu ingresso no comando do PSD? Bem como se acha que essa filiação possibilitaria mais de uma candidatura da base do governo municipal a PMCG em 2020, Pedro disse que é cedo para fazer tal avaliação. “É cedo… o momento é de trabalho… ano que vem será o instante adequado para essa discussão”, disse Pedro.

 

Abordado sobre se cogita sair candidato pelo PSDB se o PSD manter a postulação do deputado estadual Manoel Ludgero a PMCG. Ele disse: “Prego a unidade. O prefeito Romero será decisivo nessa condução”

 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo diz que movimento de PM’s na PB tem forte conotação política

“Há forte conotação política”. Essa foi a análise do governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), a respeito das manifestações realizadas por representantes das polícias Civil e Militar, assim como, do…

Eleições de 2020 trazem novas regras e preveem limitação no autofinanciamento

Mais de 153 milhões de eleitores vão às urnas neste ano para eleger prefeitos e vereadores. Criminalização de fake news, boca de urna eletrônica e restrições aplicadas às campanhas podem…