Por pbagora.com.br

Diferente do pai o ex-senador paraibano, Cássio Cunha Lima (PSDB) que demostrou reagir com naturalidade a decisão do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues de trocar o PSDB pelo PSD, o deputado federal e pré-candidato a prefeito da Rainha da Borborema Pedro Cunha Lima disseque é cedo para tecer uma avaliação sobre o tema e que a hora não é de fazer política, mas sim de trabalhar pelo povo.

 

Questionado pelo portal sobre como observou a saída do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues dos quadros do PSDB e seu ingresso no comando do PSD? Bem como se acha que essa filiação possibilitaria mais de uma candidatura da base do governo municipal a PMCG em 2020, Pedro disse que é cedo para fazer tal avaliação. “É cedo… o momento é de trabalho… ano que vem será o instante adequado para essa discussão”, disse Pedro.

 

Abordado sobre se cogita sair candidato pelo PSDB se o PSD manter a postulação do deputado estadual Manoel Ludgero a PMCG. Ele disse: “Prego a unidade. O prefeito Romero será decisivo nessa condução”

 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Opinião: o clã Cunha Lima está ameaçado e Pedro pode ser a pedra no sapato do grupo

A verdade é crua. Talvez possa ser amenizada com toques de sal. Desidratar é a palavra chave. E se formos ao Egito antigo, uma dinastia passava aos seus posteriores a…

TCE multa prefeita por nomear sobrinha, a esposa e irmã do vice-prefeito

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado julgou parcialmente procedente denúncia de nepotismo formulada pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Boa Ventura, Cícero Jacinto da Silva, contra a…