Reajuste de parlamentares sai este ano, garantem deputados da Mesa

 

Após reunião com o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), deputados da Mesa Diretora afirmaram na tarde desta quarta-feira que a votação do reajuste dos salários dos parlamentares e do Executivo acontecerá ainda este ano.

Segundo o vice-presidente da Casa, deputado Marco Maia (PT-RS), a intenção é formar um grupo de deputados para definir o índice do aumento. A Mesa também tem nova reunião na semana que vem.
 

"Até o final do ano vamos resolver isso. Essa é uma competência nossa. De qualquer forma não queremos mexer na parte orçamentária da Casa", disse o secretário Manoel Junior (PMDB-PB).

A Folha revelou no começo do mês que a articulação dos parlamentares envolve também o aumento do salário da presidente eleita, Dilma Rousseff. Hoje, a corrente que tem mais força é a que concede reajuste para o legislativo e diminui o valor da verba de gabinete de R$ 60 mil para R$ 50 mil –valor usado para a contratação de funcionários.

Outras hipóteses levantadas pelos integrantes da Mesa são a equiparação dos salários com os vencimentos do judiciário e o aumento equivalente ao índice da inflação dos últimos três anos.

"Esse assunto [aumento salarial] está na pauta da Câmara. A nossa intenção é resolver isso logo", afirmou Marco Maia.

A alegação dos deputados é que os salários do Executivo e do Legislativo estão sem aumento há cerca de três anos e que a inflação no período foi de 17,8%. Atualmente, o salário de presidente da República é de R$ 11.420,21, bruto (com os descontos, o valor cai para cerca de R$ 8 mil) e dos parlamentares é de R$ 16,5 mil. Já do Judiciário é de R$ 26,7 mil.
 

 

Folha

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Novos diretores dos hospitais Metropolitano e de Mamanguape assumem hoje

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), disse a imprensa que nesta segunda-feira (14) os interventores nomeados para os hospitais Metropolitano, em Santa Rita e o Regional, em Mamanguape, assumem…

Deputada estadual exonera assessor acusado de assédio

A deputada estadual Doutora Paula (PP) exonerou um de seus assessores, após ele ser acusado de assédio sexual e de divulgar nas redes um vídeo íntimo da mulher assediada. O…