Analisando o cenário político e de crise política e sanitária pelo qual o Brasil passa, o deputado federal Julian Lemos, do PSL, ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro analisou o cenário político e de crise política e sanitária pelo qual o Brasil passa e defendeu que apesar do governo federal estar necessitando de melhorias, sobretudo com relação às ações realizadas pelo gestor federal, o momento não é o mais adequado para se falar em impeachment.

O afastamento do presidente das suas funções está sendo um tema de debates calorosos dentro e fora do Congresso Nacional, mas, de acordo com Julian, o país passa por um período de instabilidade causado pelo novo coronavírus e uma possível destituição do presidente do cargo que ocupa traria ainda mais instabilidade e prejuízos.

“O governo precisa de melhorias mas o impeachment não é o caminho. Fui fiel a um projeto de país. Me mantenho fiel ao Brasil” destacou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Políticos paraibanos lamentam morte de Dinaldo Wanderley por Covid-19

Diversos políticos paraibanos lamentaram neste domingo (24), a morte do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Patos, Dinaldo Wanderley, ocorrida hoje, por Covid-19, causou comoção à classe política paraibana. Dinaldo estava…

Após reclamação de Bolsonaro, Silvio cancela edição do jornal do SBT

Nos bastidores do SBT, a notícia de que Silvio Santos mandou exibir uma reprise do programa “Triturando” no horário do “SBT Brasil” neste sábado (23) deixou o departamento de jornalismo…