Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD).
Aliado do presidente Jair Bolsonaro, o parlamentar disse que apenas cumpriu o seu papel como parlamentar, o que não representa distanciamento político com Romero.

“A minha atividade parlamente é um dever de ofício de quando ver alguma coisa errada falar, denunciar, apontar qualquer tipo de irregularidade, seja de qualquer prefeitura. Quando a gente ver algo errado na nossa casa, a gente não fala? Eu como deputado federal e fiscal do Executivo tenho o dever de falar. É simples assim”, destacou o parlamentar.

Julian Lemos disse ainda que, mesmo diante das críticas, não há crise nenhuma com o prefeito campinense, tanto é que destinou recursos para a área de Campina Grande, que se encontra à beira de um colapso.
Na publicação, Julian faz críticas ao que considera excesso no número de servidores comissionados no Gabinete do Prefeito de Campina Grande.

Para Romero, Julian foi induzido a fazer as críticas a gestão municipal.

“O deputado Julian foi induzido ao erro e fez um típico equívoco de avaliação”, destacou Romero.

Segundo Romero Rodrigues, esse modelo administrativo de concentração de assessorias no Gabinete do Prefeito já existe há mais de 20 anos na Prefeitura de Campina Grande. E o padrão tem induzido os críticos da gestão a um erro recorrente de avaliação, já que a grande maioria dos comissionados, por designação, presta serviços em outras áreas da gestão.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: PB“recebe” Ferreira Costa, grupo Havan e deve gerar mais de 1,3 mil empregos para fazer a economia girar

A Paraíba vem experimentando bons índices econômicos e equilíbrio fiscal suficiente para implementar obras e serviços nas mais diversas áreas. Essa realidade atual começou a ser gerida na administração do…

Galdino sepulta crise no PSB e diz que foco agora é a governabilidade

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) colocou uma pedra na crise que ainda assola o PSB e avisou, durante entrevista nesta quarta-feira (18), que o assunto…