Aliado do presidente da República Jair Bolsonaro, o deputado estadual Moacir Rodrigues, atualmente filiado ao PSL, mas que já sinalizou que sairá do partido, afirmou que diversas lideranças paraibanas devem migrar para o novo partido “Aliança pelo Brasil”, já anunciado pelo presidente da república.

Em entrevista veiculada por uma emissora de rádio, O deputado citou possíveis nomes que poderiam presidir o partido na Paraíba, a exemplo dos deputados Cabo Gilberto e Wallber Virgolino e da primeira dama de Campina Grande Michele Rodrigues.

– Primeiro é a composição do partido, eu acho que a Paraíba tem bons quadros da direita. Tem o Cabo Gilberto, a Michele, a vereadora Eliza, o Capitão Antônio, o  Walber Virgolino. Vamos esperar pra ver como será esse novo partido – afirmou.
Moacir ainda frisou sobre a importância de o partido ser democrático, e que dê espaço e voz aos seus filiados.

– O mais importante não é quem vai comandar, é se vai ser um partido de verdade, que tenha democracia, que escute seus filiados, e que as pessoas de bem do Brasil, as conservadoras, tenham espaço nesse partido – afirmou.

Essa semana, Moacir anunciou que acompanhará o presidente Jair Bolsonaro, principal nome do partido, caso o mesmo confirme sua desfiliação.

Em entrevista concedida à Rádio Caturité FM, o deputado reafirmou seu apoio ao presidente da república.

– Eu deixo na mesma hora. Eu vou com Bolsonaro. Eu, o Cabo Gilberto, e todos aqueles que acreditam na nova política de Bolsonaro – garantiu.

O deputado ainda teceu críticas à filiação ao PSL, do empresário Artur Bolinha, que é pré-candidato à PMCG.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Clima tenso: Ludgério insinua insatisfação com ingresso de Bruno Cunha Lima no PSD

Presidente municipal do PSD em Campina e vice-presidente estadual da sigla o deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) que também se coloca como pré-candidato a prefeito da cidade, parece que levou…

Mudanças de partidos modificam mapa geopolítico na Paraíba

Os prazos finais para as mudanças de partido, as chamadas janelas partidárias, para os candidatos as eleições deste ano, foram encerrados na última sexta-feira, visto que mesmo com a pandemia…