A postura do governador João Azevedo (PSB), em relação a Assembleia Legislativa da Paraíba, tem rendido elogios dos deputados de oposição. Ferrenho opositor do socialista, o deputado Tovar Coreia Lima (PSDB), reconheceu em entrevista a Rádio Caturité FM, que João tem deixado os deputados a vontade, e favorecido a independência na Casa de Epitácio Pessoa em relação ao Palácio da Redenção.

Ao comparar a gestão de João com a do seu antecessor, o ex governador Ricardo Coutinho (PSB), Tovar disse que o atual “inquilino” do Palácio da Redenção é menos “coronel”. Para ele, com João a Assembleia Legislativa tem menos vínculo com o governo, e se tornado um poder independente, graças ao presidente da casa o deputado Adriano Galdino (PSB).

Ele lembrou que em seis meses de mandato, a gestão de João Azevedo, abriu as portas do Palácio para o debate. Ele citou como exemplo, o secretário Efraim Morais que já recebeu em audiência vários deputados oposicionistas.

– A Assembleia conseguiu se desvincular do governo. Na gestão passada, ela era muito ligada ao governador Ricardo Coutinho, inclusive pelos telefonemas. Esse governador atual não, através do deputado Adriano Galdino conseguiu sua independência, essa divisão do poder entre as pilastras da nossa sociedade: Executivo, Legislativo e Judiciário. Isso dá a importância do debate. Em seis meses de mandato desse novo governo, o secretário Efraim nos recebeu,  juntamos a academia e o projeto foi aprovado. Em outras épocas isso não acontecia porque era o governo do eu quero, eu posso, e a gente não conseguia o debate – revelou.

Apesar alfinetar a gestão socialista, Tovar afirmou que apesar da linha política de João ser a mesma da de Ricardo, o atual gestor tem menos características coronelistas que o governador anterior.

SL
PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: Virgolino levanta suspeita sobre arrombamento de escritório de RC

O deputado estadual Wallber Virgolino sugeriu nesta terça-feira (20/08) que o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) proceda a investigação sobre o arrombamento do escritório do…

Nabor defende união de forças da classe política após renúncia de prefeito de Patos

Após a renúncia ao cargo de prefeito pelo interino Sales Júnior, no município de Patos, o deputado estadual Nabor Wanderley destacou a necessidade de união em prol da cidade. Sales…