A Paraíba o tempo todo  |

Depois de Eliza, agora PPS quer expulsar mais um vereador

Se comprovada culpa, parlametar pode perder mandato

Primeiro foi a vereadora pessoense Eliza Virgínia, agora é o parlamentar bayeense Jerônimo Gomes, o "Gegê", o próximo ameaçado a deixar a o PPS. A informação foi dada pelo secretário-geral da Executiva Estadual do partido, Durval Lira.

Segundo Lira, a decisão de afastar o vereador foi motivada por sua infidelidade as orientações do partido, que indicavam apoio ao então candidato Ricardo Coutinho (PSB). Além disso, segundo relata, Gegê também descumpriu determinação de votar em candidatos proporcionais do grupo, o que não fez.

Jerônimo Gomes ainda pode recorrer da decisão,mas, com base nos fatos, dificilmente conseguirá se livrar da punição.

Caso a falta com a legenda seja confirmada, o vereador poderá perder  seu mandato, dando espaço ao suplente Ory.

 

Redação

com Bayeux em Foco
 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe