Por pbagora.com.br

O número de filiados ao Partido dos Trabalhadores na Paraíba subiu em quase 150% após a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, que anulou as condenações do ex-presidente da República Lula, a qual restabeleceu seus direitos políticos e pode disputar as eleições de 2022. A informação foi confirmada e comemorada pelo  presidente estadual do PT da Paraíba, Jackson Macedo. Segundo ele, a movimentação jurídica oxigenou o partido e animou a militância neste mês de março.

“As pessoas que já eram simpatizantes do PT, agora mais do que nunca se filiam ao partido e vem para nos ajudar nessa luta. Foi muito importante essa anulação dos processos, que deu liberdade a Lula facilitando para que tivéssemos mais companheiros militando na campanha eleitoral do próximo ano”, ressaltou.

Atualmente a sigla possui 43.938 filiados. “Nós já organizamos um grupo de trabalho eleitoral formado por seis dirigentes que vai até 2022 preparando o partido para as eleições”, disse.

Jackson ainda ressaltou que os militantes paraibanos estão muito felizes porque agora Lula entra no jogo para disputa presidencial. “De toda forma o PT iria disputar a Presidência da República, mas com Lula, temos mais condições de unificar os partidos que compõem o Campo Democrático Popular. A nossa intenção é unificar o PSOL, PC do B e PSB em torno de um projeto de país que tem o ex-presidente Lula como grande líder a frente desse projeto”, destacou.

 

Redação

 

Notícias relacionadas

Emlur revela que Lixo recolhido em praias de JP pode ser de outros estados

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) em comunicado a imprensa revelou que recolheu durante todo o dia de ontem (20) diversos tipos de resíduos, nas praias de Manaíra…

Ruy faz novo investimento no Hospital São Vicente e reforça atenção aos pacientes do SUS

Com o objetivo de fortalecer o Sistema Único de Saúde, que atende cerca de 150 milhões de brasileiros, segundo dados do IBGE, o deputado federal Ruy Carneiro destinou R$ 1,2…