A Paraíba o tempo todo  |

De alma lavada, ex-bolsonarista que foi escorraçado dispara sobre suspeitas de corrupção: “Tem que se arrebentar”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Quem escutar fogos de artifício nas proximidades da residência do deputado federal paraibano Julian Lemos (PSL) pode até pensar que ainda são os festejos pertinentes ao mês junino, mas, ao que tudo leva crer, é a comemoração por conta da denúncia de corrupção envolvendo o governo Bolsonaro, o mesmo que ele ajudou a eleger e defendeu com unhas e dentes.

Julian está em um estado de ‘alma lavada’. já que foi escorraçado e humilhado publicamente pelo clã Bolsonaro, o que envolve o próprio presidente, seus filhos e os formadores de opiniões da extrema-direita bolsonarista.

Segundo Lemos, nada de defesa, para ele Bolsonaro tem mesmo é “que se arrebentar”, se referindo à denúncia do representante de uma vendedora de vacinas que relatou à Folha de SP que o Governo Bolsonaro pediu 1 dólar de propina por dose comprada. Se efetivada a negociação, o rombo poderia ser bilionário.

“Não adianta colocar panos quentes nisso porque é gravíssimo. U$ 1 dólar de propina, juntando o volume de vacinas, chegaria 1 bilhão de reais. Isso é uma imoralidade e, eu, particularmente, não fico constrangido porque não tenho parte nisso nem vou usar meias palavras para conversar. Quero que aconteça investigação onde tiver gente roubando em questão de vacina, seja o que for, tem que se arrebentar”, disparou.

Feliphe Rojas

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe