Por pbagora.com.br

O deputado estadual Anísio Maia (PT) comentou em entrevista a imprensa nessa semana como observou a alegação do ex-deputado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB), preso pela Operação Lava-Jato, de que tem um aneurisma no cérebro.

Para ele, essa alegação de doença do ex-parlamentar foi um estratégia política de Cunha: “Esse aneurisma de Cunha foi um recado claro: ‘ou me tiram da cadeia ou entrego todo mundo”.

Ontem, Cunha se negou a fazer exames para comprovar a existência do aneurisma.

 

 

Redação

Notícias relacionadas

Mudança no sistema eleitoral deve colocar Ana Cláudia no MDB para disputar vaga na Câmara Federal, em 2022

O Debate no Sistema Eleitoral que exclui partidos pequenos para a disputa de 2022 deve forçar a secretária Ana Cláudia Vital do Rêgo a trocar o Podemos pelo MDB para…

“É muito cedo”, diz Efraim Filho sbre apoio do DEM a Bolsonaro

Ainda que o presidente do partido, ACM Neto, já tenha descartado qualquer chance de apoio, com direito a cogitar lançar candidatura própria do partido e a conversas com João Dória…