A Paraíba o tempo todo  |

CRIME ELEITORAL: mesária é presa acusada de fazer boca de urna no município de Patos

A Polícia Federal prendeu neste domingo, em Patos, a 305 km de João Pessoa, uma mesária acusada de fazer boca de urna dentro da seção 65, que funciona na escola Monsenhor Vieira, na 65ª zona eleitoral da cidade. O nome da mulher e o candidato para quem ela estaria pedindo voto não foram divulgados.

A mulher foi conduzida à sede da delegacia da Polícia Federal em Patos para prestar depoimento. A prisão da mesária foi determinada pela juíza Ana Hilário, após o eleitor Emerson Paulo denunciar o suposto crime eleitoral.
 

 

Terra

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe