Por pbagora.com.br

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), vai indicar o líder do governo na Casa, Romero Jucá (RR), para relator da CPI da Petrobras. O anúncio será feito por Renan ao presidente Lula na segunda-feira.

Renan também defenderá o acordo para que a presidência da CPI seja cedida ao DEM, que nomeará Antonio Carlos Magalhães Jr. para o posto.

O PMDB avalia que um acordo com a oposição logo na largada das investigações é importante para estabelecer limites e evitar que a CPI degringole.

O maior medo dos governistas é que, abrindo demais o leque das investigações, empresários que têm contratos com a estatal –e são, também, grandes financiadores de campanha– sejam colocados no centro das denúncias.

 

 

 

Folha

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

INAPTO: Justiça eleitoral barra candidatura de Beto Brasil à prefeitura de Solânea

Em decisão proferida nesta segunda-feira (19), a justiça eleitoral por meio do juiz Osenival dos Santos Costa, indeferiu a candidatura a prefeito de Solânea, no Brejo da Paraíba, de Beto…

Sintab: Ana assina compromisso com os servidores e confirma criação da Mesa de Negociação Permanente com o sindicato

“Juntos, Podemos mais…” essa é a opinião da candidata à prefeita de Campina Grande, Ana Cláudia (Podemos-19), ao destacar seu compromisso com os servidores públicos de Campina Grande, em debate…