Por pbagora.com.br

O secretário executivo de Saúde da Paraíba, Daniel Beltramin alertou, durante entrevista nesta sexta-feira (14), para a elevação da taxa de transmissibilidade do novo coronavírus na Paraíba com o consequente aumento das internações diárias nesta segunda semana do mês de maio em relação a primeira semana e reforçou que não é momento para voltar com as aglomerações, sobretudo durante os finais de semana.

Segundo ele, o vírus tem atingido um comportamento de espalhamento e disseminação em todo estado, tanto é que o número de internações diárias subiu de 69 para 79.

“Na segunda semana do mês de maio, em um momento em que é muito oportuno, que possamos nos atentar a esse alerta. A comparação entre os dias 10 e 14 de maio com os dias 03 a 07 de maio, entre a segunda e a primeira semana deste mês, mostram que nessa segunda semana que termina hoje, a Paraíba apresentou em média 79 internações ao dia, comparada com a primeira semana, 69 internações ao dia, então um crescimento médio de 10 internações a mais a cada dia. Além disso a taxa de transmissibilidade do novo coronavírus mostra que nos últimos 14 dias apresenta uma tendência de elevação, passando mais uma vez do número 1, indo ao 1,01, o que não víamos, pelo menos, nas duas últimas quinzenas. Isso é preocupante porque mostra que o vírus assume um comportamento importante de espalhamento e disseminação em todo estado. Claro que estamos lidando com questões específicas do ano de 2021. As novas variantes p1 e p2 que passam a predominar em todo o estado e são capazes de produzir esse efeito”, alertou.

O secretário, no entanto, ressaltou que as internações acabam sendo um bom indicador para as próximas ações governamentais. “O intervalo entre ficar doente e ter um agravamento para precisar de hospital é cada vez menor. Então as internações acabam sendo um bom indicador, quando elas sobem, quando a ocupação de leitos crescem, de que o cenário de pandemia mostra uma tendência de piora, nós podemos agir. Esse momento é fundamental. É agora, está é a hora, esse final de semana que chega não é momento de aglomerações, de eventos em praças, açudes, parques. Agora é momento de estar em casa com a sua família. Nós não precisamos viver o que vivemos, as durezas que vivemos no mês de março de 2020”, emendou.

Beltramin ainda fez um apelo para as pessoas ficarem em casa, usarem álcool em gel e usarem máscara caso precisem sair.

“Fique em casa, use mascara, conviva apenas com quem você mora e com quem você trabalha com segurança. Esse é o único caminho junto das vacinas para evitar que nós tenhamos dias piores que podem sim chegar mais rápido entre um momento de tendência de melhora e uma nova piora. Fica o alerta. Lembrar que a grande força que temos é a possibilidade de estarmos juntos nesse esforço”, finalizou.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Opinião: Sem máscara!

Tive analisando essa proposta conflitante do nosso Presidente Bolsonaro, em tentar levar uma parte do povo a não usar máscara. Nisso aí não concordo com ele: todo mínimo de cuidado…

Paraibano é o relator de comissão para investigar relatório falso sobre mortes pela Covid

A presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, instituiu uma Comissão de Processo Administrativo Disciplinar (PAD), composta por auditores federais de controle externo, para apurar, no prazo…