A Paraíba o tempo todo  |

Couto abre mão de sonho e vive fase de “introspecção”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Enfrentando complicações partidárias, Couto abre mão de sonho e vive fase de “introspecção”

Ocupando o terceiro mandato como deputado federal e enfrentando fortes divergências no Partido dos Trabalhadores, o deputado federal Luiz Couto está cada vez mais distante do seu maior sonho na política: a obtenção de uma cadeira no Senado Federal.

O motivo é que nas eleições de 2012 o deputado manteve sua aliança com o governador Ricardo Coutinho, e mesmo contrariando a orientação nacional do PT de apoiar da candidatura de seu partido, deu apoio à candidatura da socialista Estela Bezerra, do PSB.

Atualmente, integrando uma ala minoritária na legenda, o sonho de Luiz Couto se torna cada vez mais improvável. Ao ser questionado pelo PB Agora sobre o assunto, o padre mostrou-se evasivo: “Eu não sei. Tudo dependerá da direção nacional, é importante aumentar nossa representação tanto na Câmara, quanto no Senado. Discutiremos isso em dezembro, após o PED (Processo de Eleição Direta) do PT”.

Como se não bastasse o isolamento partidário, o padre ainda terá pela frente uma "muralha" para se reeleger na Câmara Federal. Trata-se do pré-candidato Lucélio Cartaxo, irmão gêmeo do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, que trabalhará fortemente para cabalar votos de Couto  na principal base eleitoral do deputado.

""

 

PB Agora

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe