Por pbagora.com.br

O Coordenador Nacional do Movimento Sem Terra, João Pedro Stedile, disse em entrevista à Folha de São Paulo, nesta sexta-feira (07), que apesar de historicamente ser aliado do PT, o apoio do MST na Paraíba e em Perambuco deve migrar em prol da candidatura de Eduardo Campos (PSB), em detrimento da Dilma Rousseff (PT).

Para o líder do MST, “certamente o MST na Paraíba terá muitos de seus militantes votando no governador de Pernambuco para presidente da República em outubro deste ano”.

“Na região de Pernambuco e da Paraíba, onde Campos tem muita influencia, certamente vai ter muita gente da nossa base, do MST, que vai votar no Campos”, disse o líder à Folha de São Paulo.

Para o dirigente, apesar das criticas publicas que o PSB faz ao PT, a candidatura de Campos também representa o projeto ‘neodesenvolvimentista’ da petista que vai disputar à reeleição.

 

Na Paraíba, o principal defensor do MST é o deputado estadual Frei Anastácio, que por sua vez não apoia a linha de Eduardo Campos e sim da reeleição da presidente Dilma Rousseff. 



CONFIRA A MATÉRIA

PB Agora

Notícias relacionadas

PSOL critica pressa de Hugo Motta para privatizar Empresa de Correios

O ex-presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, criticou hoje a iniciativa do deputado federal Hugo Mota (Republicanos/PB) de pedir urgência para a apreciação de PL 591/2021 que propõe a privatização…

Covid-19: Geraldo ratifica agradecimento ao Governo Federal sobre insumos

“Estaria disposto a repetir o que eu disse”. A declaração é do secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, sobre o agradecimento público que fez ao governo federal no tocante…