Com o atual presidente do PSB na Paraíba agora recém nomeado para comandar a  Secretaria de Governo da gestão João Azevêdo, a direção da sigla na Paraíba pode recair nas mãos de outra pessoa, e o mais cotado para acumular essa função é o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). A defesa do nome do socialista foi feita nesta sexta-feira (02), pela deputada estadual Estela Bezerra (PSB,), em entrevista que repercutiu no portal ParalamentoPB. Segundo ela, Ricardo renunciou a tudo  para dar continuidade ao projeto e nada mais justo que ele ser o nome mais indicado para assumir tal função.

“Ricardo é, sem sombra de dúvidas, o nome para a presidência do partido. Renunciou tudo para dar continuidade ao projeto. Hoje, é reconhecido em todo país pela postura, pela forma de gestão, por tudo que realizou nos oitos anos de governo e pela defesa da democracia. Sem dúvidas, seria o melhor nome para comandar a legenda no Estado”, defendeu a parlamentar, que também disse que aceitaria a missão, caso foi aclamada.

Para ela, quem assumir a missão deve ter dedicação integral diante das mudanças na legislação eleitoral, a fim de preparar o partido para as eleições de 2020.

“O partido precisará de dedicação completa a atividade política com as novas regras eleitorais e as metas de 2020. Importante que se tenha dedicação integral. Os deputados Gervásio Maia, Jeová Campos, Cida Ramos e Buba Germano também seriam excelentes quadros para esta missão”, reforçou.

Estela também aproveitou para parabenizar o atual presidente do partido, Edvaldo Rosas pela nomeação na gestão. ”Saudamos o companheiro Edvaldo Rosas por assumir a secretaria do governo, uma função importantíssima e de muita responsabilidade e que ele sem dúvidas irá tocar com maestria, pois conhece a gestão e o Estado”, arrematou.

Assim como Estela, Cida Ramos disse que também aceitaria a missão de comandar a sigla, todavia, aponta o nome de Ricardo Coutinho (PSB) como o ideal para direção da legenda.

 

PB Agora

 

 

Total
6
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Rosas quebra silêncio e demonstra mágoas do PSB: “Falta de respeito”

O ex-presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, viu com naturalidade a nova formação da executiva do partido no estado,  ocorrida após a sua saída oficial e desejou sorte ao…

‘PT não tem que fazer autocrítica’, diz Lula em evento do partido

Em seu primeiro ato partidário desde que foi solto da carceragem da Polícia Federal na última sexta-feira (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o PT…