Por pbagora.com.br

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) decretou luto oficial de três dias pela morte do diretor adjunto de Comunicação da Casa, o jornalista Eduardo Carneiro, que faleceu neste sábado (1º) aos 51 anos devido a complicações relacionadas à Covid-19.

De acordo com familiares, ele estava internado desde o início do mês de março em um hospital particular faleceu após complicações do novo coronavírus.

“É com profundo pesar que a Câmara Municipal de João Pessoa lamenta a morte e decreta Luto Oficial por três dias em homenagem ao funcionário. Com imagem profissional irretocável, Eduardo Carneiro será para nós sempre um exemplo. Por isso, nesse momento de dor profunda, manifestamos nossos sentimentos à família e aos amigos”, disse um comunicado da assessoria da CMJP.

Antônio Eduardo Carneiro foi também ex-secretário adjunto de comunicação da Prefeitura Municipal de João Pessoa, na gestão do ex-prefeito Luciano Cartaxo. Ele também foi chefe do gabinete do estado durante o governo de José Maranhão.

Redação

Notícias relacionadas

Alheio a debate político, PDT faz mistério sobre futuro e alianças em 2022

Após o deputado federal Damião Feliciano (PDT) ter vencido à Covid-19 em meio a uma batalha pela vida de quase 90 dias, a família tem evitado entrar no debate político…

Opinião: na PB, uma terceira via política quase nunca existiu, e a história conta

A história da Paraíba sempre foi acompanhada por eventos políticos, confrontos violentos. Assassinatos históricos. Tratados de paz e embates bélicos travados, por exemplo, entre franceses e portugueses. Tabajaras e potiguaras.…