A Paraíba o tempo todo  |

PL que torna atividade religiosa essencial é aprovado na CMJP e depende de sanção

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Glória, no Largo do Machado volta a celebrar missas com presença de fiéis
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Em sessão ordinária realizada nesta quinta-feira (04), a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), aprovou um projeto de lei que classifica as igrejas e templos de qualquer culto religioso como atividade essencial na capital paraibana. O requerimento é de autoria do vereador Carlão Pelo Bem (Patriotas) e contou apenas um voto contrário.

Com a lei, agora templos religiosos podem abrir, mesmo diante dos decretos que restringem as atividades.

O projeto de lei será encaminhado para o Executivo Municipal e depende da sanção do prefeito Cícero Lucena (PP) para entrar em vigor.

Na sessão, também foi aprovado uma emenda do vereador bispo José Luiz (Republicanos) estabelecendo o limite de 30% de capacidade para funcionamento dos templos religiosos.

OUTRA LEI

Na mesma sessão também foi aprovado o projeto de lei que torna a prática de exercícios uma atividade essencial.

 

PB Agora

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe