Por pbagora.com.br

 Agenda: Dia do Contador, Dia da Prevenção ao Suicídio, 70 anos da Geap, 80 anos do Betel e entrega de honrarias

 

A Câmara da Capital vai celebrar o Dia do Contador, os 70 anos da Fundação de Seguridade Social (Geap); debater o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio; além de outorgar cinco honrarias

Duas sessões solenes e três sessões especiais vão movimentar o período de 21 a 25 de setembro na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), de acordo com a Agenda da Semana, divulgada pelo Setor de Cerimonial da Casa. O Legislativo Municipal vai celebrar o Dia do Contador, os 70 anos da Fundação de Seguridade Social (Geap); debater o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio; além de outorgar cinco honrarias. Todos os eventos acontecerão no Plenário Senador Humberto Lucena.

 

Na segunda-feira (21), às 16h, durante a primeira sessão solene da semana, acontece a outorga de Título de Cidadão Pessoense ao diretor-presidente do Instituto Bíblico Betel Brasileiro, pastor Edmundo Jordão de Vasconcelos Neto, e a entrega do Diploma de Honra ao Mérito à instituição, em alusão às comemorações dos 80 anos de fundação do Betel. A propositura das homenagens é do presidente da Casa, vereador Durval Ferreira (PP).

 

“O Betel Brasileiro presta um serviço relevante ao País, em especial à João Pessoa, educando jovens e adultos e realizando um trabalho social de grande alcance”, destacou o presidente Durval Ferreira. Ele ainda ressaltou que as homenagens são justas e merecidas devido aos serviços prestados pelo Instituto na Cidade, no Estado, no País e até no exterior, como também pelo papel desempenhado pelo pastor Edmundo na área social e como missionário de Deus.

 

Betel nasce em Patos, no interior da Paraíba

 

O Betel Brasileiro nasceu do Instituto Bíblico Betel, fundado em 1934 na cidade de Patos, no Sertão paraibano, pela Missão União Evangélica Sul-Americana (UESA) e dirigido pela missionária canadense Nellie Ernestine Horne. Em 1940, o Instituto Bíblico Betel se estabeleceu em João Pessoa (PB), e após nove anos iniciou a construção da sua sede própria, no Bairro Cruz das Armas. Em 22 de dezembro de 1968, passou a ser liderado pela professora Lídia Almeida de Menezes, sendo denominado Instituto Bíblico Betel Brasileiro, tornando-se uma entidade civil, religiosa, educacional e interdenominacional. O Instituto se dedica à formação de vocacionados para atuar em atividades pastorais, missionárias e assistenciais.

 

CMJP comemora o Dia do Contador

 

O Dia do Contador será celebrado na terça-feira (22), a partir das 15h, em sessão especial proposta pelo vereador Sérgio da SAC (PSL), que justificou a homenagem alegando a importância da categoria para garantir o bom funcionamento da área financeira de qualquer empresa.

 

O contador é o profissional que estuda e avalia as atividades financeiras de uma empresa. No Brasil, a data comemorativa faz referência ao dia da criação do primeiro curso de Ciências Contábeis no País. O Decreto de Lei nº 7.988, de 22 de setembro de 1945, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas, regulamentou e tornou oficial a criação do primeiro curso de ensino superior em Ciências Contábeis, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

 

Existe uma diferença entre o contador e o contabilista. Contador é o profissional que possui curso superior em Ciências Contábeis, enquanto o contabilista tem curso profissionalizante ou técnico em Contabilidade. O Dia do Contabilista é comemorado no dia 25 de abril.

 

70 anos da Geap

 

No dia 23, quinta-feira, às 15h30, outra sessão especial vai celebrar os 70 anos da Geap. O propositor da homenagem é o vereador Marco Antônio (PPS). A Geap presta atendimento aos servidores públicos federais em todo o País, em serviços ambulatoriais e hospitalares, estendidos também a todos os órgãos da administração.

 

CMJP homenageia presidente do TCE-PB

 

O presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), Arthur Cunha Lima, vai receber ao Título de Cidadão Pessoense, a Medalha do Mérito da Cidade de João Pessoa e a Comenda Poeta Ronaldo Cunha Lima, na quinta-feira (24), às 15h, durante a última sessão solene da semana. A solenidade foi proposta pela vereadora Raíssa Lacerda (PSD).

 

O conselheiro Arthur Paredes Cunha Lima é advogado, formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em 1982. Iniciou a vida pública como vice-presidente do Centro Estudantil de Campina Grande, cidade em que foi escrevente do cartório de Notas, Registros e Escrituras Ivandro Cunha Lima (1968-1970). Atuou no Governo do Estado da Paraíba como secretário de Administração (1991-1994; e de 1995-1996); secretário chefe da Casa Civil (1994-1995); secretário de Cidadania e Justiça (1996-1997); secretário chefe do Escritório de Representação do Governo do Estado, em Campina Grande (2005-2006) e secretário da Administração de João Pessoa (1997-1998). Antes de assumir o cargo de conselheiro do TCE-PB, foi deputado estadual por três legislaturas consecutivas, eleito nos anos de 1998, 2002 e 2006.

 

A prevenção do suicídio é discutida na Câmara da Capital

 

Encerrando os eventos da semana, acontece, na sexta-feira (25), a partir das 10h, uma sessão especial alusiva ao Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio. A propositura é dos vereadores Sérgio da SAC e Eliza Virgínia (PSDB).

 

O dia 10 de setembro foi instituído como o Dia da Prevenção ao Suicídio, em 2003, pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), com o objetivo de prevenir o ato, através da adoção de estratégias pelos governos dos países. Neste dia, realizam-se cerca de 600 atividades em 70 países no intuito de salvar vidas. De acordo com a OMS, todos os anos morre um milhão de pessoas por suicídio no mundo e ocorrem entre 10 a 20 milhões de tentativas de suicídio por ano. O órgão estima que o suicídio é a 13ª causa de morte no mundo, sendo uma das principais entre adolescentes e adultos até os 35 anos. A taxa de suicídio é maior nos homens do que nas mulheres.

Segundo dado recente da OMS, no Brasil, um brasileiro se mata a cada 45 minutos e 50 tentam suicídio por dia. Os números, considerados graves pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), instituição que atua há 53 anos na prevenção do suicídio e da depressão.

 

Setembro Amarelo

Assim como já existe o “Outubro Rosa”, mês de prevenção do câncer de mama, e o “Novembro Azul”, com ações para conscientizar sobre as doenças masculinas, o “Setembro Amarelo” foi criado para mostrar a realidade sobre o suicídio, que cresce no mundo todo, e conscientizar as pessoas de que para mais de 90% dos casos existe prevenção. O CVV encabeça a campanha, endossando um movimento estimulado mundialmente pela Associação Internacional pela Prevenção do Suicídio (IASP) e consiste em iluminar ou sinalizar locais públicos com faixas ou símbolos amarelos.

 

Ascom

Notícias relacionadas

Frente formada por PSB, PV, PCdoB, PT e PSOL não faz oposição a João Azevêdo

A frente formada pelos partidos PSB, PV, PCdoB, PT e PSOL, que se uniram contra o facismo e a favor da população para as eleições de 2022 não tem o…

Wilson Filho reforça falta de afinidade com novo perfil do PTB

Em entrevista à reportagem do PB Agora na tarde desta sexta-feira (14), o deputado estadual Wilson Filho (PTB) deixou claro que irá seguir os passos do pai no tocante a…