Em uma Live por meio das suas redes sociais o deputado estadual paraibano Chió (Rede) se emocionou ao comentar o pronunciamento feito na noite de ontem pelo presidente Jair Bolsonaro que defendeu o fim do isolamento social, a proibição de transportes e o fechamento de comércio. Diante da pandemia de Coronavírus, o parlamentar da Paraíba afirmou que o natural seria ter ódio, indignação e desprezo por Bolsonaro: “Mas, sinceramente, eu tenho é tristeza. Dói ver o povo liderado por um canalha desses! Fazer o que ele está fazendo com todos nós, com a minha mãe, a sua, minha família e a sua… precisamos reagir e tirar esse cara do poder. Ele não pode continuar cometendo barbáries”, disse.

Segundo O Estado de S. Paulo, o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro foi preparado no gabinete do presidente com a participação de poucas pessoas e em segredo. O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), considerado o mais radical do clã, participou da elaboração do texto. Também estariam presentes integrantes do “gabinete do ódio”, onde atuam assessores responsáveis pelas redes sociais pessoais do presidente e ligados a Carlos.

Durante o pronunciamento, Bolsonaro foi alvo de panelaços em ao menos dez capitais. Após o discursos, as críticas ao presidente estiveram entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Veja:

https://youtu.be/RDsBycIzx1c

 

Veja a Live do deputado no seu Intagram:

https://instagram.com/eusouchio?igshid=gkuoefg9pgaw

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

EL PAÍS: Gestão de Bolsonaro para o coronavírus é reprovada por 64% no Brasil

O comportamento errático de Jair Bolsonaro durante a crise do coronavírus aliado ao baixo desempenho econômico do Governo fizeram o humor do eleitor brasileiro mudar radicalmente em um mês. Um…

“Eu fico do lado dos especialistas”, diz secretário de saúde de JP ao ser contra reabertura do comércio

Ao ser indagado se apoia a decisão da reabertura do comércio, posição essa defendida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro que é contrario ao isolamento social devido a pandemia do…