O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) revelou em evento ocorrido ontem, sábado (30) na cidade de Sousa várias informações sobre seu futuro político e do seu filho Pedro Cunha Lima filiado ao PSDB.

 

Para Cássio, Pedro deve ser candidato a deputado federal já nas próximas eleições. O pai orgulhoso rasgou elogios ao filho, mas avisou que ele está estudando mestrado em Coimbra, Portugal para se preparar ainda mais para um futuro político.

 

"Pedro terminou direito, passou no Exame da Ordem e faz mestrado em Coimbra. Para quem não o conhece, é um jovem talentoso que estuda, se qualifica e que é preparado, um humanista. Eu costumo dizer que Pedro revelou as virtudes do avô e não puxou aos defeitos do pai. Então ele tem muito talento para qualquer coisa que ele possa vir a fazer. Ano que vem é provável que ele seja candidato a deputado federal, mas é uma decisão que cabe ao partido e posteriormente ao povo da Paraíba. Ninguém é candidato de si mesmo", explicou.

""

Indagado sobre sua aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e sua possível candidatura ao governo, Cássio deixou claro que esse assunto vai depender da decisão da justiça e do partido. 

 

"Faz parte da política do Estado essas indagações. O povo é muito participativo na Paraíba e o que tenho para dizer é que existe duas vertentes na legenda: uma que apoia a manutenção da aliança com o PSB e outra que defende a candidatura própria. No ano que vem o partido vai discutir essas questões e deliberar sua decisão".

 

Em relação a Ricardo, Cássio disse que fez de tudo para ajudá-lo e que o que não pode ajudar, também não atrapalhou e que o mais importante é buscar soluções para os problemas das pessoas. 

 

"Tenho ajudado a Paraíba e o governo estadual. Ninguém pode dizer que fiz qualquer gesto para atrapalhar, para não construir. Se não pude ajudar no que esperava também não atrapalhei. A Paraíba está cansada de embates políticos permanentes. Me comportei e sempre vou fazê-lo dentro de minhas convicções que é preciso o tempo da política e o tempo da eleição. Estou trabalhando nas questões administrativas para buscar soluções para os problemas das pessoas. Vamos ter tempo hábil para se fazer nossas discussões em torno disso", finalizou.

 

 

Vanessa de Melo

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

De saída do PSL, Bolsonaro deve barrar ingresso de paraibano em nova legenda

O presidente Jair Bolsonaro vai anunciar na terça-feira (12) que vai deixar o PSL. De acordo com a revista Crusoé, uma reunião com parlamentares apoiadores do mandatário foi marcada para…

Opinião: Bolsonaro mostra um PSL sem força, ignora Julian e Bolinha e praticamente lança Cássio a prefeito de CG

E então acordei. Um dia de sol interessante, típico dessa época do ano. Café posto à mesa; eis um telefonema perturbador. Do outro lado, pessoa que sinto bastante simpatia. Cobrava,…