Apesar da acolhida calorosa dos campinenses durante a entrega das casas do Complexo Aluízio Campos ocorrida nessa segunda-feira (11), o ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB) praticamente descartou a possibilidade de disputar a Prefeitura Municipal de Campina Grande em 2020.

Cássio, que já foi prefeito da cidade em três gestões, e está há quase 1 ano sem mandato, disse que sentiu a generosidade do povo campinense e pôde perceber que valeu a pena o seu tempo de atuação na política. No entanto, não deu pistas se entrará na corrida sucessória ao Palácio do Bispo.

– Claro que essa manifestação tão calorosa, tão comovente, alegra muito. Eu não faço uma associação política direta, imediata. O que fica é essa manifestação de carinho e de apreço. Com ou sem mandato, vou continuar trabalhando por Campina, pela Paraíba. Não há como não se emocionar, pois foi muito espontâneo. É um momento que eu guardarei pelo resto da minha vida. Foi muito forte e muito intenso – disse.

Ao ser questionado se possui pretensão de disputar a Prefeitura Municipal de Campina Grande em 2020, Cássio respondeu que não sente saudade da política e que está vivendo outro momento de sua vida, morando em Brasília.
Em entrevista à Rádio Panorâmica FM, ele disse que o processo sucessório será comandado pelo prefeito Romero Rodrigues (PSD) e o seu nome está sendo lembrando, bem como o de muitos agentes políticos dentro do campo da situação.

– A coordenação desse processo cabe ao prefeito Romero. São vários pré-candidatos com nomes expostos. Não sei mais se é o meu tempo de disputar eleição para prefeito. Já fui prefeito três vezes e tem gente mais jovem que eu, com mais vigor. Não sinto muita falta da política. A política não dá saudade, o que faz falta são as pessoas, o calor humano. Vamos dar tempo ao tempo – disse.

SL
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do PSOL-PB revela estratégias da sigla para as eleições deste ano

Tentando se divergir dos demais partidos a nível nacional e estadual o atual presidente estadual do PSOL, Tárcio Teixeira, pretende formular pré-candidaturas as eleições deste ano, com base na sua…

“Apoio do governador não é pré-requisito para nossa candidatura” diz Efraim Filho

Nesta terça-feira (28), o deputado federal Efraim Filho declarou que um possível apoio do governador João Azevêdo não é pré-requisito para a pré-candidatura de Raoni Mendes, anunciada pelo DEM na…