Demonstrando bastante serenidade, o senador paraibano Cassio Cunha Lima (PSDB) também se posicionou favorável ao veto presidencial para uma proposta de sua autoria que tem provocado inúmeras polêmicas na internet, principalmente nas redes sociais. O projeto, que tenta impedir a contratação de pessoas ou empresas por partidos políticos para denegrir adversários, foi interpretado por parte da sociedade como sendo uma lei de censura.

 

""Reiterando a própria história em defesa da liberdade de expressão, Cássio chegou a dizer: "Não sei se, diante de toda essa celeuma causada, seria melhor o veto presidencial, para que não paire dúvidas em relação a um princípio do qual eu, particularmente, e tenho certeza absoluta que o Plenário do Senado e o Plenário da Câmara, nós não abrimos mão, que é o direito à livre manifestação, o direito ao livre pensar do povo brasileiro”, frisou, acrescentando que: “Em primeiro lugar não há nenhum tipo de tentativa de censura. Eu tenho uma firme formação democrática, participei da Assembleia Nacional Constituinte e tenho uma trajetória da defesa das liberdades individuais, portanto o que está havendo é uma profunda distorção. As pessoas vão continuar expressando livremente as suas opiniões. Seria um absurdo pensar em censura e tudo o que está se fazendo é na verdade a tentativa de distorcer aquilo que foi aprovado pelo Congresso Nacional e não é uma tentativa exclusiva minha”, esclareceu.

 

O vocalista da banda Detonautas, Tico Santa Cruz, que postou esta semana uma imagem, conforme ele mesmo descreve ofensiva e provocativa, contra o senador paraibano, Cássio Cunha Lima (PSDB/PB), revelou em seu Facebook ter recebido telefonema do parlamentar, explicando a emenda que o mesmo propôs para a minirreforma eleitoral. Na postagem, Tico diz que a atitude de Cássio foi "corajosa e digna",

 

CANDIDATURA DO PSDB: O deputado federal e presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, confirmou em entrevista nesta sexta, que fará uma consulta ao Supremo Tribunal Federal (STF), no mês de abril, sobre a elegibilidade do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para as eleições de 2014.De acordo com Ruy, a consulta será realizada apenas em abril devido à mudança no comando da Corte. “Cássio podendo ser candidato, caberá a ele tomar a decisão, ouvindo o partido”, pontuou o presidente do PSDB.

E você amigo internauta, o que acha sobre o assunto? Opine no espaço destinado aos comentários

 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Felipe Leitão lembra três nomes do DEM para disputar a PMJP e ressalta que sigla vai realizar pesquisas no inicio de 2020

O deputado estadual, Felipe Leitão (DEM) conversou com a redação e comentou a sucessão municipal em João Pessoa no próximo ano. O deputado que já foi vereador em João Pessoa…

Opinião: Eliza estimula suicídio e recrimina discussão sobre violência contra mulher

O cuidado quando se escreve sobre algo ou alguém requer, antes de tudo, certa parcialidade, pois entendo que ser imparcial por completo é algo fantasioso e humanamente impossível de ser…