Por pbagora.com.br

Afastado do holofotes políticos desde que ficou sem mandato, em 2018, quando perdeu a disputa pela reeleição ao Senado Federal, o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) voltou à cena política essa semana com declarações ácidas e também novidades. Ele admitiu, inclusive, a possibilidade de disputar um cargo nas próximas eleições estaduais, em 2020.

Cássio frisou que não faz carreirismo político, ressaltando como exemplo a escolha em não disputar as eleições deste ano como pré-candidato a prefeito de Campina Grande.

– Eu penso em talvez ser candidato em 2022. Não sou um carreirista, se eu fosse uma pessoa alucinada por poder estaria hoje disputando a Prefeitura de Campina Grande. Acredito que minha contribuição pública já foi dada e posso voltar a dar essa contribuição pública, se o povo achar que posso voltar a contribuir – concluiu.

Apesar do aceno, o tucano não citou qual cargo postularia, se o de senador, se o de governador, ou se, até mesmo, o de deputado federal, passando para seu filho, o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) o papel de postular a majoritária.

 

Redação

Notícias relacionadas

Bolsonaro aparece com aprovação abaixo de 30%, segundo IPEC

No pior momento da pandemia e ainda sem a retomada do pagamento do auxílio emergencial, a aprovação do presidente Jair Bolsonaro aparece abaixo do patamar de 30% da população, segundo…

Leo Bezerra pede diálogo com religiosos antes de decisão sobre atividade essencial

O vice-prefeito de João Pessoa, Léo Bezerra (Cidadania), declarou durante entrevista  nesta sexta-feira (5), que irá dialogar com todos os setores do segmento religioso antes da Prefeitura Municipal tomar uma…