A Paraíba o tempo todo  |

Cassação de Cunha: Manoel Júnior vai acompanhar PMDB

Ausente das discussões na Câmara dos Deputados, o deputado federal Manoel Júnior (PMDB-PB), ainda não declarou se votará contra ou a favor da cassação do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mas adiantou que seguirá as orientações da legenda.

Candidato a vice prefeito de João Pessoa, o parlamentar está focado na campanha municipal e por isso ainda não sabe se participará da sessão que apreciará o mérito. Júnior também não descartou a possibilidade de se licenciar do mandato para se dedicar a campanha eleitoral na Capital.

 

“Estou distante desse processo, tenho ido à Brasília cuidar especificamente dos projetos que estão sob a minha relatoria e alguns deles eu já declinei. Não sei o que aconteceu nessas últimas 24 horas, mas se eu estiver lá acompanho a orientação do meu partido”, ressaltou.

 

O peemedebista não descartou a possibilidade de, seguir o exemplo Luciano Cartaxo, e compatibilizar mandato com campanha.

 

Caso Júnior se afaste por um período superior a 121 dias, quem assume a vaga é o segundo suplente do PMDB, Evisnaldo Cruz de Andrade, mais conhecido como Elvis, que obteve apenas 2.111 votos nas eleições de 2014.



PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe