O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) descartou, durante entrevista nesta segunda-feira (02), qualquer possibilidade de lançamento de uma chapa puro sangue na disputa pela sucessão municipal na Capital, nas eleições desse ano, mas avisou que sairá do seu partido o nome que encabeçará a chapa majoritária. A expectativa, conforme o gestor, é que até o dia 30 de março seja definido tanto o nome que representará o partido, quanto o anúncio da Reforma Administrativa, já que alguns auxiliares deixarão os postos na gestão para se dedicarem às eleições desse ano.

“Estamos no mês de março e é um momento muito especial para gente poder chegar a essa unidade, essa conclusão em relação a composição da chapa majoritária, da chapa proporcional de vereadores. Tenho conversado muito com os parlamentares, essa é uma eleição diferente, não temos coligação na chapa de vereadores, então temos que respeitar a todos, fazer essa composição e claro, se o PV fica com a posição na chapa majoritária, nós não temos nenhuma pretensão de fazer uma chapa puro sangue. Nós faremos uma chapa que contemple a política de aliança que a gente tem hoje na gestão”, ressaltou.

Cartaxo disse ainda que essa semana se reúne com alguns partidos justamente para afinar o discurso e alinhar as estratégias.

“Agora essa semana tenho agendas definidas com alguns partidos para a gente acelerar esse processo, vamos ter até o dia 30 uma reforma administrativa, já que algumas lideranças vão sair para disputar seja eleição de prefeito, de vice-prefeito, de vereador, então a gente vai manter esse dialogo permanentemente, porque é importante finalizar essa rodada de entendimentos com os partidos aliados”, emendou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: A pandemia é uma questão de saúde pública. Mas é difícil não politizar o assunto. Afinal…

Um dos aspectos mais negativos da pandemia que se abate sobre o mundo, com a proliferação do novo coronavirus é a conotação político-partidária que se dá à discussão sobre tão…

Juíza determina que verba de campanha eleitoral vá para combate ao coronavírus

A juíza Frana Elizabeth Mendes, da 26ª Vara Federal do Rio, concedeu liminar que destina para o combate à epidemia do novo coronavírus os cerca de R$ 2 bilhões do…