Em uma só canetada, o prefeito da cidade de Serra Grande, município localizado no Sertão da Paraíba, exonerou todos os cargos comissionados e contratados da administração municípal. O caso aconteceu nesta segunda-feira (15), mesmo dia em que é comemorado o Dia do Professor. 

A decisão não se aplica a Secretários Municipais, Chefe de Gabinete, Assessor Jurídico, Tesoureiro; servidores dos programas específicos do governo federal (SAMU e NASF), assim como também, Enfermeiros e Técnicos em Enfermagem.

Segundo o gestor, a decisão, divulgada hoje no Diário Oficial dos Municípios da Paraíba atende a uma determinação do Ministério Público da Paraíba  no sentido de reduzir quantitativo de cargos de provimento em comissão. Também foi alegado que a Prefeitura Serra Grande encontra-se “próximo do índice prudencial no que toca a Gestão de Pessoal prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal”. Confira a decisão aqui.

Ainda foram listados outros motivos para a decisão, tais como o cenário econômico nacional, o interesse público, visar melhor adequar essas situações à realidade econômico-financeira do município, entre outras.

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPPB aciona mãe e filho, ex-prefeita e prefeito de Piancó, por improbidade

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ajuizou uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o prefeito de Piancó, Daniel Galdino de Araújo Pereira, e a médica Flávia…

Habeas corpus de Márcia Lucena e Cláudia Veras serão julgados na terça

O julgamento dos habeas corpus da prefeita de Conde, Márcia Lucena (PSB); da ex-secreta´ria da Saúde da Paraíba, Cláudia Veras; e do advogado Francisco Chagas, já têm data. Será na…