A Paraíba o tempo todo  |

Candidatos ao governo da PB buscam convencer eleitores em mensagens de música

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Considerado decisivo para as eleições, o guia eleitoral pode ajudar eleitores da Paraíba a entender as propostas dos candidatos e fazer a sua escolha na hora de votar. E os cinco candidatos que disputam o governo do Estado, inovaram nos primeiros programas e deixaram transparecer que vão tentar sensibilizar os eleitores a parir das mensagens contidas nas músicas de campanha.  Oficialmente, a programanda gratuíta eleitoral no rádio e na TV começou na última sexta-feira (31).

O guia de de João Azevêdo (PSB) começou com uma música que fala sobre sua história e o coloca como “engenheiro do futuro”. O candidato defendeu que, se eleito, irá defender o que o estado conquistou nos últimos oito anos. O programa teve participação de Ricardo Coutinho, que falou da “experiência e capacidade” de João.

Já a música tema usada por Lucélio Cartaxo (PV) fala em “deixar para trás tempos de intriga”. Ele também se colocou como opção para construir uma “Paraíba do futuro”. O candidato disse que manterá ações atuais que sejam boas para o estado. O guia também liga a imagem de Lucélio a Luciano, seu irmão, prefeito de João Pessoa.

Em seguida, foi a vez de Rama Dantas (PSTU) se apresentar ao eleitor. Com o tempo mais reduzido de todos, ela criticou a desigualdade nos espaços concedidos a candidatos. Para ela, a democracia atual é uma “farsa” e “é necessária uma rebelião”. Ela chamou o povo a acompanhar seus projetos pelas redes sociais.

José Maranhão (MDB) começou o guia eleitoral falando das características e qualidades do povo paraibano. O candidato, que já foi governador três vezes, assegurou que tem se reinventado na política. Ele afirmou que conhece bem a Paraíba e que traz em seu projeto de governo novas ideias, que atendam às vontades do povo.

Maranhão, preferiu sair do roteiro previsível dos programas de apresentação do próprio nome e trajetória, optando por abordar questões que incomodam os paraibanos, como as deficiências do atendimento nas áreas de saúde e segurança.

Ele ouviu a população e apontou possíveis saídas, que constam no seu programa de governo.

Em frente ao Hospital do Trauma da capital, construído por ele, o candidato conversou com paraibanos que reclamaram das condições atuais da unidade de pronto-atendimento.

José Maranhão apontou a terceirização da gestão, sem a devida fiscalização, como um dos principais entraves enfrentados pelos pacientes e servidores que enfrentam o dia a dia de um hospital de grande porte.

 

Tárcio Teixeira (PSOL), assim como Rama Dantas, tem um tempo bem curto. Ele se apresentou ao eleitorado, focando em informações sobre sua história e família. Ao final do guia, o candidato defendeu que votar nele significa não ter medo de mudar a Paraíba.

PB Agora

 

Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe