Por pbagora.com.br

Com a campanha eleitoral em andamento, os candidatos a prefeito de João Pessoa, tem aproveitado as atividades para apresentar as suas propostas. Com a agenda de campanha intensa, os prefeitáveis tem feito diversas promessas para melhorar a Capital na pós pandemia. Entre visitas, visitas, entrevistas, Guia Eleitoral, as promessas se multiplicam.

O candidato do Patriota , Wallber Virgolino, propôs ampliar plataformas acessíveis em ônibus de João Pessoa. A ideia do prefeitável é gerar concorrência para atrair novas empresas e melhorar o serviço a população.

“Vamos gerar concorrência para que as empresas de ônibus se adequem à acessibilidade, que possam de forma efetiva levar transporte público de qualidade, não apenas para a população geral, mas sobretudo para as pessoas portadoras de deficiência. As plataformas de acessibilidade aos ônibus, elas comportam apenas um cadeirante. Nós temos a intenção de ampliar essas plataformas para que mais um cadeirante tenha acesso aos ônibus e as pessoas com deficiência, tenham acesso de forma efetiva ”, disse.

Cícero Lucena do Progressistas, garantiu que quer criar oportunidades de emprego em João Pessoa. Ele também prometeu reestruturar os PSFs da Capital e assim, melhorar o atendimento da saúde à população.

“Nos PSFs não têm a medicação, os exames não são marcados na hora certa. A questão da equipes não estarem completas. Além da necessidade de nós avançarmos na expectativa de novas oportunidades de emprego e renda. Nessa comunidade aqui e vizinhança, nós trabalhamos na parte de infraestrutura, de pavimentação, melhorias habitacionais e também no compromisso de fazer com que essas comunidades tenham oportunidade de emprego”, disse.

Ricardo Coutinho do PSB propôs, fundo habitacional com recursos próprios na Capital. Para ele, o fundo vai garantir moradia digna para o pessoense.

“Eu preciso ter um fundo habitacional de recursos próprios. Esse fundo eu vou focar na substituição de casas de taipa por casas de alvenaria. Já fiz isso em 4,6 mil casas quando fui prefeito. Vou retomar isso com recursos próprios, que é algo fundamental. E ao mesmo tempo, vou ter eu me adequar a uma necessária reabertura da política habitacional, que é a grande geradora de empregos no Brasil”, disse.

Uma das proposta de Nilvan Ferreira do MDB, foi a de criar refis para escolas particulares de João Pessoa

A gente pretende primeiro oxigenar as escolas particulares no sentido de não sufocá-las na questão tributária. Acho que incentivos na questão tributária. Um refis, porque tem muita gente devendo, porque o índice de inadimplência 2020 é enorme, é profundo, causando um desajuste nas finanças dessas entidades que representam mão de obra, emprego paras as pessoas, principalmente nesse momento difícil”, disse.

Já Ruy Carneiro do PSDB, prometeu construir mais terminais de integração em João Pessoa

“Existem cidades memores que João Pessoa que têm ar-condicionado, que têm internet nos ônibus. E João Pessoa também pode ter. Se for necessário subsídio pra isso, faremos. Nós vamos construir mais terminais de integração e terminar os terminais inacabados. Nós temos que mudar as rotas da cidade. E a ampliação do número de terminais de integração é justamente pra isso. Muitas pessoas na cidade não estão sendo atendidas”, disse.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vice-presidente estadual do PDT renuncia ao cargo na Paraíba

Heleno Teixeira, que era vice-presidente do PDT na Paraíba, renunciou ao cargo nesta segunda-feira (19). Na renúncia, Heleno alega questões de foro íntimo. Recentemente ele já havia deixado a função de…

PB Agora/Datavox: gestão João Azevêdo é aprovada por 70,8% em Monteiro

A administração do governador João Azevêdo (Cidadania) à frente do comando estadual é aprovada por 70,8% dos monteirenses entrevistados pelo Instituto Datavox, na pesquisa divulgada neste domingo (17), pelo portal…