Por pbagora.com.br

A uma semana das eleições municipais, a Justiça Eleitoral indeferiu a candidatura de Edmar Oliveira, do Patriota, a prefeitura de Campina Grande indeferida pela Justiça Eleitoral. O candidato anunciou neste sábado (7) que não irá recorrer e que não há tempo suficiente até as eleições, que acontecem em 15 de novembro.

De acordo com Edmar, o partido Patriota não substituiu o candidato a vice-prefeito indicado por ele a tempo no sistema, o que impossibilitou sua candidatura.

Ele disse que sofreu infidelidade partidária já que o Patriota anunciou apoio à candidatura de Bruno Cunha Lima (PSDB).

Edmar disse que vai ouvir as propostas dos outros candidatos, e quem absorver as propostas de melhoria pra população ele deve apoiar.

Há cerca de 15 dias, Wanderley Bezerra desistiu da candidatura ao cargo de vice-prefeito de Campina Grande. De acordo a assessoria do partido na cidade, Wanderley alegou dificuldades para conciliar as agendas pessoal e de campanha. Ele também disse que a decisão foi tomada por falta de condições materiais e financeiras para que o partido participe da disputa.

Mesmo com tempo mínimo no guia eleitoral, o Patriota é o único partido que não tem feito uso do espaço gratuíto concedido pela Justiça Eleitoral.

SL
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nilvan anuncia concurso para guarda municipal e que não fará lockdown

O candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira durante debate reafirmou o compromisso de não realizar lockdown, reabrir as escolas particulares em janeiro, recuperação da barreira do Cabo Branco…

Vereadora eleita revela que oposição está unida pela presidência na CMCG

Eleita para o primeiro mandato na Câmara Municipal de Campina Grande, a líder comunitária Maria de Fátima Melo Silva, ou simplesmente “Dona Fátima”, defendeu em entrevista as rádios Correio FM…