Por pbagora.com.br

A Câmara Municipal de João Pessoa exonerou todos os servidores contratatos a título precário e aqueles que ocupavam cargos de confiança e/ou comissão. A portaria foi publicada no Semanário Oficial da Câmara, do dia 2 de janeiro e assinada pela nova Mesa Diretora. Na determinação também ficam suprimidas todas as gratificações e funções de confiança que sejam de livre concessão pelo Chefe do Legislativo Municipal.

Além disso, a Casa reduziu o horário de expediente. Agora, para os serviços administrativos da Câmara Municipal de João Pessoa, o horário passa a ser 8h às 14h. Antes, funcionava até as 17h.

Conforme o Sagres do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), a folha de pessoal do legislativo capital, referente ao mês de novembro (mais atualizado), há na Casa o total de 537 servidores comissionados e quatro à disposição. O impacto da folha com o corte chega a R$ 1,16 milhão.

A nova Mesa Direta foi empossada no dia 1º de janeiro. O vereador João Corujinha (DC) tomou posse como presidência da Câmara Municipal de João Pessoa e fica no comando do Legislativo Municipal pelo biênio 2019/2020.

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

De olho em 2022, Romero propaga fake news plantada por Bolsonaro sobre valores repassados para combater pandemia

A Controladoria Geral do Estado (CGE) da Paraíba divulgou, na tarde de ontem, levantamento sobre os recursos federais recebidos para as ações diretas de combate à covid-19. A gestão estadual…

TCE multa prefeita por nomear sobrinha, a esposa e irmã do vice-prefeito

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado julgou parcialmente procedente denúncia de nepotismo formulada pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Boa Ventura, Cícero Jacinto da Silva, contra a…