Por pbagora.com.br

Calvário: documentos mostram assinatura de Edilma Freire em contratos milionários com empresa investigada pelo Gaeco

A candidata a prefeita em João Pessoa, Edilma Freire (PV) assinou documentos com a Brink Mobil Equipamentos Educacionais LTDA, empresa investigada na Operação Calvário, realizada pela Polícia Federal em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado do Ministério Público na Paraíba (Gaeco).

De acordo com documentos, durante sua gestão à frente da Secretaria de Educação e Cultura da Prefeitura de João Pessoa, Edilma teria assinado, desde o ano de 2015 até o ano passado, diversos contratos com a empresa alvo de investigação do Ministério Público, que somam cerca de R$ 22.974.900,65. Os acordos, conforme a relação, listam os pedidos para aquisição de kits escolares e mochilas para atender às demandas na rede municipal de ensino.

No extrato de contrato de número 090149, firmado em 2015 junto à empresa Brink Mobil, a secretária de Educação do município especificou que a aquisição seria de kits escolares, no montante de R$ 3.022.392,94, que seriam destinados às unidades educacionais do município.

Em 2016, a Educação municipal, no contrato de número 09096/2016, solicitou à empresa a compra de materiais escolares, no valor total de R$ 1.805.690,32, com verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A secretária também assinou contratos em 2017, para aquisição de brinquedos infantis “para atender as necessidades de aprimoramento da guarda dos bens de consumo e permanente da Secretaria de Educação e Cultura do Município de João Pessoa.” O valor do contrato foi de R$ 17.102,01. No mesmo ano, foram feitas mais duas aquisições: uma de 1.218.567,10, referente a compra de materiais escolares e a outra, também para aquisição de brinquedos, no montante de R$ 332.597,64, o que contabiliza R$ 1.568.266,75.

No ano de 2018, a Secretaria de Educação de João Pessoa assinou dois contratos com a Brink Mobil, uma no valor de R$ 3.502.409,22, com lista especificando a compra também de material escolar, já a outra, no total de R$ 3.502.409,22, foi feita para aquisição de kit escolar e mochilas.

Conforme a relação, no ano passado Edilma Freire assinou mais três contratos com a empresa alvo da Calvário, uma no valor de R$ 3.989.067,85, “com o objetivo da aquisição de kit escolar para atender às demandas da rede municipal de ensino”, como consta no Sistema de Tramitação de Processos e Documentos (Tramita), do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), outra com total de R$ 1.595.596,50 e mais uma, no montante de 3.989.067,85, também para compra de kit escolar.

Confira os documentos nos links abaixo:

documento (1)

documento (2)

documento (3)

documento (4)

documento (5)

proc_19746_18_proposta_e_anexos_brink

proc_16742_19_proposta_e_anexos_brink_mobil_equipamentos_educacionais_lt

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador Carlão Pelo Bem anuncia apoio a Nilvan, no 2º turno em JP

Mais uma liderança política une-se ao projeto de Nilvan Ferreira (MDB). O vereador Carlão Pelo Bem (Patriota) anunciou na tarde de hoje (22) o seu apoio à candidatura de Nilvan…

Nilvan Ferreira fala sobre implantação do programa vale-gás

O candidato a prefeito, Nilvan Ferreira vai implantar o programa Vale Gás para pessoas inscritas no bolsa família e também aquelas que estão sendo prejudicadas na pandemia. O anúncio foi…