Por pbagora.com.br

As buscas e apreensões feitas na casa do ex-presidente Lula e de dona Marisa Letícia, durante investigações da Operação Lava Jato, abalaram a saúde da ex-primeira-dama que, segundo informações de pessoas próximas a ela, havia comprado até mesmo um aparelho para checar a pressão arterial, por causa das oscilações constantes.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, a condução coercitiva do marido foi motivo de muita agonia para Marisa, que chegou a cair da cama e quebrar um dedo, no meio da noite, ao ouvir barulhos na rua e acordar assustada, achando que era a polícia.

Filhos do casal também foram alvo das determinações do juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato. Nas conversas com amigas, a ex-primeira-dama repetia sempre os detalhes da operação na casa dos filhos, em que até as geladeiras foram vasculhadas e os iPads de seus netos levados embora.

Lula estaria bastante preocupado com a situação da mulher, agravada pelo fato de, este ano, haver uma série de depoimentos que deveriam ser prestados por ela à Justiça.

 

Notícias ao Minuto

Notícias relacionadas

Covid-19: Geraldo ratifica agradecimento ao Governo Federal sobre insumos

“Estaria disposto a repetir o que eu disse”. A declaração é do secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, sobre o agradecimento público que fez ao governo federal no tocante…

ALPB vota hoje projeto sobre disque-denúncia pelo WhatsApp

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deverá votar na sessão ordinária de hoje o projeto de lei de autoria do presidente da Casa, deputado estadual Adriano Galdino(PSB) que institui o…