Em entrevista à imprensa o deputado estadual Bosco Carneiro (Cidadania), integrante do G11 (ex-G10, que ontem ganhou a adesão de mais um parlamentar), negou veto do grupo ao nome do presidente do PSB, Edvaldo Rosas, para a Secretaria de Governo, mas anunciou que o G11 vai anunciar a formação de uma comissão especial que vai elaborar e encaminhar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) criando as emendas impositivas para inclusão já no orçamento do governo para o próximo ano.

“O projeto de criação das emendas impositivas já tramita na Assembleia Legislativa desde o primeiro semestre e acho que os demais encaminhamentos serão menos complicados”, afirmou o deputado Bosco Carneiro, ao explicar que “as emendas impositivas deverão ser aplicadas no orçamento que só vai ser discutido e aprovado a partir de novembro, mas estamos antecipando e adotando essas providências porque exige um tempo de debate e de negociação na Casa e com o governo”, disse o parlamentar do Cidadania.

Ontem (07), o grupo ganhou a adesão do deputado estadual Doda de Tião (PTB).

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo confirma cobiça de partidos por seu ‘passe’ partidário

Diante da crise no PSB, o governador da Paraíba João Azevêdo revelou em entrevista a Rádio Correio FM, que já recebeu convites para ingressar em outros partidos e destacou que…

Vereador alerta para o risco de desabamento de prédio em CG e cobra atuação dos órgãos de fiscalização

Quem nunca se pegou “apreensivo” ao passar perto de uma obra e ter medo de que algo caia lá de cima que atire a primeira pedra. Isso é mais comum…