Em entrevista à imprensa o deputado estadual Bosco Carneiro (Cidadania), integrante do G11 (ex-G10, que ontem ganhou a adesão de mais um parlamentar), negou veto do grupo ao nome do presidente do PSB, Edvaldo Rosas, para a Secretaria de Governo, mas anunciou que o G11 vai anunciar a formação de uma comissão especial que vai elaborar e encaminhar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) criando as emendas impositivas para inclusão já no orçamento do governo para o próximo ano.

“O projeto de criação das emendas impositivas já tramita na Assembleia Legislativa desde o primeiro semestre e acho que os demais encaminhamentos serão menos complicados”, afirmou o deputado Bosco Carneiro, ao explicar que “as emendas impositivas deverão ser aplicadas no orçamento que só vai ser discutido e aprovado a partir de novembro, mas estamos antecipando e adotando essas providências porque exige um tempo de debate e de negociação na Casa e com o governo”, disse o parlamentar do Cidadania.

Ontem (07), o grupo ganhou a adesão do deputado estadual Doda de Tião (PTB).

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Seleção empata contra Nigéria e mantém sequência de quatro jogos sem triunfo

A Seleção Brasileira empatou em 1 a 1 mais um amistoso, neste domingo (13), contra o time da Nigéria. O jogo aconteceu em Singapura, às 9h de Brasília. Com o…

“Tudo vai depender da situação de cada município”, diz Wilson Santiago sobre efeitos das mudanças eleitorais para 2020

Indicado pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, como o coordenador  no Nordeste  responsável pelas eleições municipais de 2020, o deputado federal paraibano e presidente estadual do PTB Wilson Santiago,…