A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Bolsonarista de carteirinha, Cabo Gilberto sai em defesa de Bolsonaro no caso das joias sauditas: “Cortina de fumaça”

O deputado federal paraibano Cabo Gilberto saiu em defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro após a Polícia Federal (PF) apontar que dinheiro proveniente da venda ilegal de joias sauditas entrou para o patrimônio de Bolsonaro. Em suas redes sociais, Bolsonaro comentou o caso, destacando a correção no valor das joias, de R$ 25 milhões para R$ 6,8 milhões, e afirmando que espera mais esclarecimentos.

Em entrevista à Rádio Correio FM, Cabo Gilberto classificou as investigações da PF como uma “cortina de fumaça” para desviar a atenção dos problemas econômicos atuais.

“A Petrobras aumentou o preço dos combustíveis, aumentou o gás. O governo Lula está esfarelando nossa economia, o poder de compra está diminuindo e a população se prejudicando. Isso é uma cortina de fumaça”, declarou o deputado.

Segundo o relatório apresentado pela PF ao Supremo Tribunal Federal (STF), Bolsonaro tinha conhecimento do leilão para vender os itens sauditas. A investigação sobre a origem e destino dos recursos continua em andamento, enquanto aliados do ex-presidente continuam a defender sua inocência e questionar as motivações das investigações.

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe