“Como diria meu pai, ele (Virgulino), perdeu uma boa oportunidade de ficar calado”. A declaração é do líder do Governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, Ricardo Barbosa (PSB), ao rechaçar o pedido feito pelo deputado estadual novato, Walber Virgulino (Patriotas), para forçar os jornalistas que fazem a cobertura jornalística da Casa a baterem ponto.

Indagado se concordava com o pedido do colega, Barbosa foi enfático:  “De forma nenhuma, não tem que exigir de jornalista assinar ponto aqui, o jornalista não é empregado da Assembleia. Ele tem um vínculo de cobertura do trabalho, isso é uma praxe decenáriamente sendo adotada por todos os presidentes, eu acho que, como dizia meu pai o deputado perdeu uma boa oportunidade de ficar calado”, arrematou.

ENTENDA

O deputado estadual Wallber Virgolino (Patri) fez uma postagem em suas redes sociais denunciando a existência de profissionais da imprensa que, segundo ele, recebem dinheiro dos órgãos sem cumprir expediente. O parlamentar ainda pediu que sejam instalados pontos eletrônicos não só para os deputados e servidores, mas também para os jornalistas que recebem verbas da Assembleia Legislativa.

 

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Recado: João avisa que não vai colaborar com projeto pessoal de ninguém

O imbróglio envolvendo o PSB na Paraíba continua rendendo troca de alfinetadas públicas entre o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e o governador João Azevêdo (PSB). Dessa vez João avisou que…

Hervázio Bezerra sinaliza que pode deixar PSB se João Azevêdo sair da sigla

O Partido Socialista Brasileiro deverá perder três nomes de peso devido a disputa interna pelo comando do partido, e que colocaram o governador João Azevedo e o ex governador Ricardo…