Um dos 60 senadores responsáveis por aprovar, na noite de ontem, terça-feira (23), a Reforma da Previdência no Senado Federal, o senador paraibano, José Maranhão (MDB) agora encabeçou a defesa pela aprovação de mais uma reforma – a tributária.

O emedebista comparou o atual sistema do país a um cipoal, que na língua portuguesa significa ‘negócio intricado em que alguém se meteu e do qual não sabe livrar-se.

Para ele, o país deve aproveitar o momento para dar andamento a mudanças na cobrança de impostos, que penalizam, sobretudo, os mais carentes.

“A reforma é absolutamente necessária. Vamos ver de que forma ela vai se apresentar. O sistema tributário brasileiro é um verdadeiro cipoal que penaliza o desenvolvimento do país pela multiplicidade de tributos e muitas vezes pela injustiça de alguns tributos que dificultam o crescimento econômico, especialmente aquele que é mais importante, das camadas mais pobres da população, fazendo encarecer produtos de forma violenta, produtos como os combustíveis, os serviços essenciais da população, e penalizando a produção, a reforma tributária do país precisa acontecer de maneira a pesar menos sobre o contribuinte que é a totalidade da sociedade. Todos pagam tributos, direta ou indiretamente”, ressaltou.

As declarações do senador Maranhão repercutiram no programa Arapuan Verdade.

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Deus me deu a maior alegria de um político dessa terra” avalia Romero durante entrega do Aluízio Campos

O prefeito Romero Rodrigues (PSD) realizou um discurso bastante emocionado na manhã desta segunda-feira (11) durante entrega das chaves dos imóveis do complexo habitacional Aluízio Campos em Campina Grande. O…

Em vídeo com Bolsonaro, Efraim Filho destaca investimentos para a PB

Em vídeo divulgado na internet, o deputado federal Efraim Filho aparece ao lado presidente da República, Jair Bolsonaro anunciando a liberação de recurso para o estado. No vídeo, Efraim Filho…