Após declarar que as mulheres ainda são vítimas de discriminação na Política paraibana, a deputada estadual eleita no pleito deste ano, Daniella Ribeiro (PP) se esquivou e evitou falar em convidar a vereadora Eliza Virgínia, que corre risco de cassação pela prática de infidelidade partidária, para se filiar ao PP. “Quem pode resolver isso é meu pai que é o presidente da legenda no Estado”.

A vereadora esclareceu que não está inteirada da real situação da parlamentar pessoense e preferiu não opinar sobre a possibilidade de filiação da colega ao PP.

Daniella Ribeiro afirmou ainda que a luta pelas conquistas sociais e pelos direitos das mulheres irá continuar quando ela assumir a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). “Nossa luta é constante, nosso direitos devem ser respeitados e vou continuar engajada para que cada vez mais possamos ocupar lugares de destaque”, frisou.

 

Simone Duarte

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Hugo lamenta renúncia do prefeito de Patos: “Sales cumpriu seu papel”

Após a renúncia ao cargo de prefeito pelo interino Sales Júnior (PRB), no município de Patos, o deputado federal e presidente estadual do PRB Hugo Motta destacou que o correligionário…

Ricardo Barbosa aponta Cida e Estela como estopim da crise no PSB

As deputadas Cida Ramos e Estela Bezerra voltaram a ser apontadas pelo líder do Governo João Azevêdo na Assembleia Legislativa da Paraíba, Ricardo Barbosa, como as responsáveis por provocar o…