Por pbagora.com.br

Após um áudio em que supostamente o prefeito de Araruna, Vital Costa, obriga servidores e prestadores de serviço a participarem de lives promovidas pela gestão viralizar nas redes sociais, o prefeito negou em contato com a rádio 98 FM, o ocorrido.

Na gravação atribuída a Vital, ele diz que quem “está dentro do projeto tem que defendê-lo ou então peça pra sair”.

Após a repercussão negativa, o prefeito negou a coação e disse que o convite foi para que servidores participassem das ações promovidas pela gestão municipal.

“Eu não falo em live, eu falo nas ações que cada servidor participe, diga a verdade externe o que tá acontecendo no município para se contrapor à mentira” argumentou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ludgério diz que filiação partidária pesou na escolha por Bruno, em CG

O deputado estadual Manoel Ludgério afirmou que o fortalecimento do seu partido, o PSD, foi o que mais pesou na sua decisão de apoiar o pré-candidato Bruno Cunha Lima,  do…

Ana Cláudia reúne pré-candidatos do Podemos para tratar de ideias para CG

A pré-candidata à Prefeitura de Campina Grande, Ana Cláudia, reuniu neste final de semana os pré-candidatos do Podemos para tratar sobre assuntos relacionados à campanha eleitoral que se aproxima e…