A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Apesar de ver prisão de Bolsonaro como inevitável, presidente do PT/PB não descarta membros da direita no Lula III

O presidente estadual do PT na Paraíba, Jackson Macêdo, apesar de não ter restrições a presença de bolsonaristas com mandato participando da gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na aprovação de seus projetos no Congresso em troca de cargos federais, disse que não tem dúvidas da inelegibilidade e prisão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL): “A prisão de Bolsonaro é inevitável”, comentou.

Segundo Jackson, Bolsonaro duvidou do sistema eleitoral, sistema pelo qual ele foi eleito várias vezes deputado e também foi eleito presidente do Brasil. Para o petista, Bolsonaro deve ser punido por todas as ações que ferem a lei e que foram praticadas durante os quatro anos de gestão do ex-presidente. “A responsabilidade de Bolsonaro começa a aparecer no âmbito da Justiça. A prisão do ex-presidente Bolsonaro é inevitável que aconteça em nosso país”, afirmou Jackson.

Recentemente Macêdo previu que nos próximos dias cerca de 30 novos cargos federais na Paraíba devem ser nomeados pelo Governo Federal, sendo alguns de parlamentares que votaram com o ex-presidente Jair Bolsonaro. Na semana retrasada três filiados ao PT foram confirmados: Antônio Barbosa, na Superintendência do Incra; Paulo Marcelo, na Superintendência da Delegacia Regional do Trabalho; e Cícero Gregório, no Escritório do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Todos indicados pelo deputado federal Luiz Couto.

Questionado sobre essa previsão, Jackson respondeu: “São deputados que fizeram campanha contra Lula, mas que, nesse momento, estão arrependidos de terem votado em Bolsonaro. Isso é importante, porque Lula sabe que não consegue governar sozinho”, disse o petista paraibano, destacando que isso é uma questão de estratégia na busca de governabilidade. “Essa ocupação, tanto aqui na Paraíba quanto em outros estados, segue uma questão lógica de governabilidade. Demonstra que o governo se preocupa com a relação com a Câmara dos Deputados e com o Congresso Nacional”, afirmou.

Recentemente Jackson disse a imprensa paraibana que todos os parlamentares eleitos que quiserem acompanhar Lula nos eventos, são bem-vindos. “Logicamente, que os deputados da Paraíba que quiserem acompanhar serão muito bem-vindos”, comentou.

Da Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe