A Paraíba o tempo todo  |

Ao PB Agora, prefeito de Cabedelo descarta disputar 2022, mas avisa que já tem chapa fechada para disputa proporcional na PB

O prefeito do município de Cabedelo, Vitor Hugo, do Republicanos, descartou, durante entrevista na tarde desta terça-feira (07), à reportagem do PB Agora, a possibilidade de disputar qualquer mandato nas eleições de 2022.


“Fico feliz em nosso nome ser lembrado, mas eu recebi uma missão divina, peguei uma eleição suplementar de 1 ano e 9 meses, mas fui para uma reeleição e tenho ainda mais três anos de mandato, acho que abandonar o povo de Cabedelo agora seria deixar meu projeto incompleto, então tomei a decisão, por mais que seja muito duro, já que eu poderia estar pulando para um cargo maior, ocupar espaços maior para não passar dois anos sem emprego depois, mas quero cumprir essa missão com a população que confiou seu voto em mim. E vou deixar um projeto pronto para os próximos 20 anos. Os próximos gestores poderão governar a cidade com dinheiro em caixa e com tudo programado”, disse.


O gestor, que foi reeleito prefeito de Cabedelo nas eleições de 2020, avisou, no entanto, que já tem sua preferência quando o assunto é a chapa proporcional. Para deputado estadual, Vitor confirmou que irá apoiar a reeleição do deputado estadual Tarciano Diniz.


“Nós temos hoje nosso apoio fechado com a reeleição do deputado Tarciano Diniz, que vem defendendo a bandeira de Cabedelo, que vem desenvolvendo vários projetos em prol da cidade lá na Assembleia e terá nosso apoio nesse mandato”, emendou..


Já para a disputa federal, Vitor deixou claro que o apoio já está voltado para o nome de Mersinho Lucena, que é o atual vice-prefeito de Cabedelo.


“Sem dúvida. Mersinho é o nosso pré-candidato a deputado federal, acredito que será um dos mais votados do estado da Paraíba, ele tem tudo para despontar, tem o apoio da grande João Pessoa, enfim, ele é um cidadão excelente, um cara ímpar, e para conhecer um político como ele está difícil. Eu sou muito feliz por conhecer Mersinho e ele é um cara que merece dá esse passo. Ele é uma pessoa que não sonhava entrar na política, só entrou porque foi convencido lá atrás e eu queria também ter a oportunidade de um dia que ele pudesse vir de Brasília e passar pelo executivo na cidade de Cabedelo para poder mostrar todo seu potencial e continuar esse trabalho lindo que nosso governo faz nesses quatro anos de mandato”, pontuou.

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      39
      Compartilhe