Por pbagora.com.br

Após eleger o seu sucessor para a presidência do Senado, o senador Davi Alcolumbre, ainda na cadeira da presidência daquela Casa, prestou homenagem ao senador paraibano José Maranhão. Maranhão encontra-se internado desde o mês de novembro devido a complicações causadas pela covid-19.

Davi Alcolumbre lembrou que no dia em que se tornou presidente do Senado, em fevereiro de 2019, era o senador José Maranhão quem comandava o pleito eleitoral que o elegeu. Alcolumbre deu posse ao seu sucessor, o senador Rodrigo Pacheco, citando as palavras do parlamentar paraibano: “Apenas substituindo o destinatário”, lembrou Alcolumbre, antes de passar a cadeira presidencial para Pachêco.

E continuou:

– Gostaria de fazer isso como uma homenagem ao senador José Maranhão. E ao senador José Maranhão, a quem todos nós desejamos plena e rápida recuperação para que possa retornar ao nosso convívio o mais rápido possível, com a sua integralmente reestabelecida – declarou o senador.

Alcolumbre recordou que em 2019, José Maranhão manifestou seu desejo de sucesso e êxito, palavras também direcionadas a Rodrigo Pachêco por Alcolumbre.

Ouça:

 

 

PB Agora

Notícias relacionadas

TCE multa prefeita por nomear sobrinha, a esposa e irmã do vice-prefeito

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado julgou parcialmente procedente denúncia de nepotismo formulada pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Boa Ventura, Cícero Jacinto da Silva, contra a…

“Está com as mãos sujas de sangue”, diz petista ao culpar Bolsonaro por mortos na pandemia

Ao fazer uma análise sobre os números alastrantes de mortes por Covid-19, no Brasil o vereador pessoense Marcos Henriques (PT), tem um culpado e esse se chama o presidente da…