A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Anísio descarta ceder cabeça de chapa: “Não abro nem para um trem”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Nesta terça-feira (15), o pré-candidato à Prefeitura de João Pessoa Anísio Maia (PT) enfatizou que o partido está convicto de que seu nome é a melhor opção do campo democrático popular para concorrer a Prefeitura de João Pessoa, mas que mesmo assim continua buscando a unidade dos partidos de esquerda na Capital para que haja uma unidade.

Durante entrevista à Rádio Pop FM Anísio disse que nas discussões internas o PSB não está de fora, mas a intenção não é retirar sua candidatura em favor de uma indicação girassol, mas sim tentar convencer a sigla do ex-governador Ricardo Coutinho sobre a necessidade do PT encabeçar a disputa deste ano.

“Entre nós da esquerda tudo é difícil mesmo, a luta é grande mas eu sou acostumado com as adversidades e sabia que nosso caminho seria difícil e que haveria diversas pressões a nível nacional, as mais diversas. E sempre disse que não é interessante pra nos procurar alianças com partidos sem consistência política, partidos que estiveram com Bolsonaro, por isso acho que devemos procurar partidos do nosso campo, procurando a Rede, o PDT, o PSB para convencê-lo que nesse momento quem tem mais condição de encabeçar essa luta em João Pessoa é o PT. Nós defendemos a pluralidade entre as esquerdas” declarou.

Anísio ainda confirmou a crítica que fez ao ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) de que acha que ele está dividindo os partidos da frente popular democrática.

“Eu fiz uma crítica e repito acho que Ricardo pela sua história deveria unir esse campo de esquerda e não articular com esses partidos que nós não confiamos” sentenciou.

O pré-candidato ainda enfatizou que sua candidatura não é um desejo pessoal dele e sim uma escolha do coletivo partidário e que está posta , não havendo abertura para marcha à ré.

“Eu não abro nem pra um trem. Não abro pra ninguém. Meu partido está convicto que Anísio Maia é a melhor opção não sou eu que tou dizendo é o meu partido” pontuou.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      3
      Compartilhe