Por pbagora.com.br
Print reprodução redes sociais na cidade de Sousa/PB

Apesar de as medidas restritivas e dos decretos expedidos pelo Governo da Paraíba e pelas prefeituras para que se evitem aglomerações e seja obrigatório o uso de máscara, além de álcool em gel e o distanciamento social – a fim de evitar o contágio pela Covid-19 – nessa contagem regressiva para a data das eleições municipais, faltando apenas 12 dias, essas recomendações não só foram, como estão sendo abertamente ignoradas.

Na busca pelo voto, os candidatos preferem arriscar a si e a terceiros, a ter que deixar de cumprimentar seus eleitores ou apelar para que eles usem máscaras, álcool em gel, e mantenham o distanciamento.

Na perspectiva do ‘vai quem quer’ (para esses eventos políticos), automaticamente ficará doente quem não quer.

Os que ficam em casa, os que se previnem, os que evitam aglomerações, mas que convivem debaixo do mesmo teto com àquelas pessoas que não têm a mesma consciência coletiva, em sua maioria, é que sofrerão as consequências e pagarão a conta. Muitos com a própria vida.

Pior ainda é que nem mesmo a Justiça está sendo respeitada, mesmo com todos os alertas de que candidatos que não obedecerem às recomendações poderão responder a processos.

Doa a quem doer, os políticos paraibanos decidiram mostrar a cara, sem proteção alguma, ao inimigo que já matou 3.101 pessoas até esta terça-feira (03) e que contaminou pouco mais de 133 mil, só no Estado.

É bom ressaltar, todavia, que a responsabilidade por uma nova onda desse estágio calamitoso da covid não deve recair apenas nos ombros das autoridades diante da iminência de uma agravada tragédia sanitária A negligência, o egoísmo, o individualismo, a falta de empatia, a ausência de civilidade também acometem o cidadão comum.

A pandemia não é um conto de fadas onde o bem sempre vence no final.

Muitas baixas podem ser evitadas se houver sororidade e solidariedade. Tenha coragem de pedir para que os protocolos sejam adotados, mas seja gentil, para não acabar fazendo inimigos pela falta de educação com o próximo.

E finalizo com uma frase eternizada pelo poeta e dramaturgo Willian Shakespeare: “ O mal da grandeza é quando ela separa a consciência do poder”

Márcia Dias
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais um prefeito paraibano é internado com covid-19

Após o prefeito Francisco Dutra (Barão), do município de Brejo do Cruz, ser internado em decorrência da contaminação pelo novo coronavírus, mais um gestor municipal foi hospitalizado por causa da…

Wilson Santiago e Wilson Filho realizam evento de trabalho com prefeitos eleito

O deputado federal Wilson Santiago e o deputado estadual Wilson Filho, ambos do PTB, promoveram nesta sexta-feira (4), em salão de eventos localizado no bairro Portal do Sol, em João…