A Assembleia Legislativa da Paraíba vai promover, na próxima semana, sessões ordinárias fora do edifício-sede, que passa por manutenção no sistema de refrigeração.

A iniciativa tem o objetivo de prosseguir com a produção legislativa dos deputados, que bateu recorde no ano de 2019 e deve seguir o mesmo ritmo este ano. As sessões vão ocorrer no auditório de Ministério Público, localizado nas proximidades da Praça dos Três Poderes.

Segundo o presidente Adriano Galdino, a manutenção do edifício-sede não vai impedir que os parlamentares prossigam seus trabalhos, já que “todos continuam trabalhando, sejam dialogando com a população em suas bases, se reunindo com autoridades para discutir ações em prol do povo paraibano e contribuindo com ideias e projetos de lei que possam fazer uma Paraíba mais forte e mais digna para todos”.

O presidente da ALPB também aproveitou para agradecer ao procurador-geral de Justiça da Paraíba, Francisco Seráphico da Nóbrega, pela cessão do espaço, ressaltando a parceria entre a ALPB e o Ministério Público da Paraíba.

O sistema de refrigeração da Assembleia tem causado constantes problemas em diversos setores e foi verificado que vazamentos na sua tubulação tem impedido o funcionamento no sistema de ar-condicionado da Casa de Epitácio Pessoa.

Para fazer a manutenção, identificação dos locais de vazamento e conserto das tubulações, todo o gás do sistema de refrigeração tem que ser retirado para as devidas correções e só depois colocado de volta.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vené elogia relatório da ministra, que afasta teoria do impeachment de João

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) elogiou o relatório da ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça, atestando a descontinuidade dos delitos praticados pelas Organizações Sociais – conforme…

Silvio Santos recria “Semana do Presidente”, programa que era exibido na ditadura

O apresentador e dono do SBT, Silvio Santos, decidiu fazer um agrado ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo informou o colunista Flávio Ricco, do UOL, o comunicador determinou a recriação do…