Por pbagora.com.br

Pré-candidato à Prefeitura Municipal de João Pessoa e presidente estadual do Solidariedade (SD), o verador João Almeida encarou com naturalidade a aliança selada na manhã desta segunda-feira (24) entre o governador João Azevêdo (Cidadania) e o ex-senador e pré-candidato na Capital, Cícero Lucena (Progressistas).

A união de forças e de entendimentos na política, para o líder partidário, faz parte do universo democrático. “Foi um gesto de desprendimento do governador por entender que fora do partido e fora do seu núcleo de governo existe projetos e pessoas que podem sim representar o apoio do Governo do Estado à pré-candidatura da cidade de João Pessoa”, declarou Almeida

Na avaliação do parlamentar, o desprendimento expressado na atitude de João Azevêdo vai na contramão do que fez o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV). João Almeida afirmou que Cartaxo, dente tantos nomes que poderiam ter seu apoio, os preteriu para, , usando o critério parentesco, anunciar apoio à cunhada. “Isso é deprimente para a cidade”, disparou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Empossado senador, Diego Tavares não descarta receber Cartaxo se for procurado

Após romper com a gestão municipal em João Pessoa e aderir à candidatura do ex-senador Cícero Lucena na corrida pela sucessão municipal na Capital, o novo senador paraibano, Diego Tavares,…

Lideranças do Movimento Livre Pró-Brasil/PB declaram apoio a Cícero Lucena

Mais lideranças políticas da juventude pessoense declararam apoio à candidatura de Cícero Lucena (Progressistas) à Prefeitura de João Pessoa. Desta vez foi o Movimento Livre Pró-Brasil PB, que foi representado…