Um caso inusitado ocorreu na última sexta-feira (12), quando o prefeito de Curral de Cima, Totó Ribeiro, foi acusado de agressão e de tentar estrangular um agricultor da zona rural que estaria fazendo críticas à sua gestão. Pedro José dos Santos, 19 anos, contou à polícia que quando retornava para casa após um treino de futebol, por volta das 18 horas, acompanhado de um amigo menor de idade, quando foi abordado pelo prefeito, que estava acompanhado do filho Toninho Ribeiro.

Segundo a denúncia o gestor teria pedido ao menor que acompanhava Pedro para seguir adiante, pois queria ter uma “conversa particular” com o rapaz. Segundo consta no boletim de ocorrência, Totó teria agarrado o pescoço de Pedro e tentado esganá-lo, mas o rapaz conseguiu livrar-se da agressão. O prefeito, então, teria ameaçado Pedro: “Vou ali pegar um 38 para te dar um tiro, seu bandido, pilantra”.

De acordo com o B.O o filho do prefeito, segundo o agredido, estaria com algo parecido com um chicote na mão e correu atrás dele, que se escondeu num matagal. Totó teria gritado: “Eu te devo quanto para você ficar falando mal de mim por aí?”, ao que Pedro respondeu: “Você me deve quinhentos reais”. E, mais uma vez, o prefeito gritou: “Venha aqui pegar”, ao que Pedro respondeu: “Não vou, porque você é covarde e quer me bater”.

Após o prefeito e o filho deixarem o local, Pedro Santos foi para casa e disse que um servidor da prefeitura estaria rondando o local, numa moto. O rapaz foi orientado a procurar uma delegacia para denunciar o fato, mas não na cidade. “Por aqui não adianta, o prefeito controla tudo”, disse o agredido numa gravação de celular. O boletim de ocorrência foi realizado em Mamanguape.

Veja o Boletim de Ocorrência:

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Líder na ALPB diz ser contra privatização das BRs 101 e 230 na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana o ex-deputado federal e líder do bloco governista o deputado estadual Wilson Filho (PTB) opinou sendo contrário, a inclusão dos trechos das BRs 101 e…

Análise: PSB-PB terá comissão provisória nacional para “remediar” conflito interno

“A diferença entre o remédio e o veneno é a dose”. Assim concluiu, certa vez, Paracels, médico e físico do século XVI. E a afirmação percorreu séculos de forma incólume,…